Deixe um comentário

The Walking Dead – 5×06 – Consumed

fb2aa613e065033e12d674de9626dc21TWD502GP05220147-1413995987A maior coragem e ousadia desta temporada de The Walking é contar a sua história de forma não linear, quebrando presente e passado a cada episódio Os roteiristas estão sabendo muito bem colocar essa ideia em prática, apresentando atraentes episódios, como o desta semana centrando em dois dos personagens favoritos dos fãs.

Daryl e Carol entraram em uma viagem pelas cidades abandonadas dos EUA em busca de Beth e também tentando refazer os laços de sua amizade, como analisou Daryl é hora de recomeçar e esquecer o passado. Por se tratar de dois personagens que falam muito pouco, foi uma trama bastante intimista e onde os detalhes foram muito importantes para entender mais sobre ambos, como a visita ao centro para pessoas que sofreram abusos e que Carol conhecia e Daryl ter matado a criança para poupar Carol de fazer isso. Pouquíssimos, mas precisos, diálogos, a maioria sobre o passado e com Carol tentando contar para Daryl sobre o que aconteceu com Sofia. Daryl não parecia muito disposto a saber o que aconteceu, insistindo na ideia do recomeço para fazer também que Carol desistisse da ideia de fugir. Importantíssimos flashbacks de Carol após ser expulsa por Rick e a cremação de Sofia, duas passagens que explicam o medo de Carol de que não serão mais capazes de ajudar as pessoas e também o medo dela de ficar em um grupo e ver mais pessoas queridas morrerem, o que talvez explique seu desejo de fuga.

O melhor diálogo foi a cena do quadro com Daryl tirando sarro da imagem e não deixando dúvidas que conhece Carol muito bem, afinal ela jamais iria gostar daquela estranha pintura. Daryl e Carol são muitos parecidos em suas atitudes e por pensarem iguais podem ajudar um ao outro a manterem seu lado humano nesta horrível realidade; em um instante Carol estava pronta para atirar em Noah e no outro Daryl estava pronto para deixá-lo morrer, um impediu o outro a tomarem atitudes que poderiam depois se arrepender. Como Daryl e Carol são caçadores por natureza, a ideia do uso do fogo para chamar os zumbis foi muito genial, não faltaram confrontos com zumbi que ganharam em magnitude pela volta ao cenário das grandes cidades, cenário que não era usado na série desde a primeira temporada. Duas cenas chamaram bastante atenção, os zumbis presos nos sacos de dormir e nas cabanas, adorei este humor negro, e claro a polêmica cena da van na ponte. Foi uma ideia mais do que idiota de Carol e Daryl de acreditarem que poderiam usar aquela van naquela situação e pareceu um pouco irreal, os dois conseguirem sobreviver e Carol ter apenas um ombro machucado.

Finalmente depois de três episódios foi revelado que o mala do Noah era a pessoa com Daryl na floresta, o garoto só não foi morto porque sabe quem são as pessoas que literalmente atropelaram e levaram Carol para o hospital onde está Beth. O episódio não poderia terminar de melhorar maneira do que com Daryl em seu desespero pelo medo de perder Carol e indo em busca de seus amigos para resgatarem ela e Beth do hospital, um novo confronto está perto de acontecer!

quatro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s