Deixe um comentário

The Walking Dead – 5×05 – Self Help

screenshot-2014-11-10-at-12-17-48-pm-5-things-you-might-have-missed-in-the-walking-dead-self-helpNão existe maior instinto no ser humano do que o da sobrevivência, é isso que nos leva a tomar atitudes extremas e que normalmente não teríamos. Algo ainda mais forte em nós é o sentimento da esperança, mesmo quando tudo parecido perdido, sempre encontramos algo para acreditar que tudo pode melhorar. A história de Abraham e Eugene são parecidas e ligadas ao instinto da esperança e a sobrevivência; TWD pela primeira vez colocou estes dois personagens como protagonistas e foi realmente um ótimo episódio, com um roteiro que trabalhou bem o flashback ao contar o início da história de Abraham e Eugene exatamente quando essa relação chegou ao fim.

Abraham foi levado pelo instinto da sobrevivência e soltou seu difícil gênio ao extremo para proteger sua família, mas acabou os assustando ainda mais ao ponto de eles fugirem e acabarem sendo mortos. Abraham é um soldado e quando viu que falhou na missão de proteger sua família, encontrou na mentira de Eugene uma nova missão e uma maneira para fugir da realidade, pensando que poderia corrigir o erro que levou a sua família a morte, salvando a vida de milhares de pessoas. O que aconteceu com a família de Abraham também explica a sua mania de não querer ficar parado no mesmo lugar e como parece sempre prestes a explodir.

Realmente precisa ser um homem desesperado em busca de uma última esperança para acreditar na história de Eugene, que aproveitou que era um pouco mais inteligente do que os outros para usá-los para chegar até Washington. Desde a primeira cena ficou bem claro que Eugene estava mentindo e que não passava de um estranho covarde, afinal ninguém seria capaz de dizer que aquele mullet dele era algo bonito, além do que foi bizarro e nojento ele olhando Abraham e Rosita transando. O padre, a conversa com Tara e depois com Maggie levaram Eugene a conclusão óbvia de que não poderia levar sua mentira por muito mais tempo, sendo até bastante íntegro ao assumir sua covardia e a responsabilidade pelas mortes daqueles que perderam suas vidas ao ajudá-lo.

Ainda acho Rosita e Tara duas personagens supérfluas, a segunda tem muito potencial, mas é utilizada apenas em discretas participações. Sobre Gleen e Maggie, os dois agora perceberam o erro que cometeram de não terem ficado no grupo de Rick e espero que todos os grupos sejam reunidos. Sobre o futuro de Eugene, o mais provável é que todo mundo fique com pena dele e continue vivo por mais algum tempo.

TWD está surpreendendo e sendo, da melhor forma possível, ousada nesta temporada na ordem de seus episódios. Fez um corte abrupto na trama ao contar na semana passada o que aconteceu com Beth e no lugar de seguir nesta história, apresentou este episódio sobre Abraham e Eugene, o qual foi muito agradável pelas revelações sobre o passado dos personagens e por manter os temas prediletos da série.

quatro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s