Deixe um comentário

The Walking Dead – 5×01 – No Sanctuary (Season Premiere)

the-walking-dead-no-sanctuary“Você é o predador ou a presa”. O início da temporada de The Walking Dead foi uma resposta direta para aqueles que insistem em reclamar da falta de emoção e zumbis da série.

O Santuário era um obelisco aquilo que existe de pior no ser humano quando colocado em uma situação extrema e rompe as barreiras da sociedade. As fortes cenas ambientadas no passado mostram como os moradores do santuário foram vítimas de uma violência e no lugar de buscarem sua humanidade de volta acharam que a melhor defesa é o ataque e se tornaram estes monstros canibais. Um episódio fortíssimo com cenas de cortar o estômago como a do abate e os pedaços de gente.

Não deixa de ser cômico que os canibais acabaram, pelo menos boa parte deles, servindo como comida para os zumbis, uma ironia do destino causada por uma inesperada heroína. Esta foi a redenção de Carol que voltou para aqueles que abandonaram e mais uma vez teve coragem de fazer aquilo que poucos fariam, forte e inteligente conseguiu, com ajuda de seus amigos zumbis, a destruir o Santuário e libertar a todos. Com sua camuflagem zumbi ainda deu um merecido e dolorido fim na líder do Santuário.

Gleen continua sendo aquele que sempre insiste para que Rick e todos os outros não percam também sua humanidade e entrem no caminho sombrio como o dos moradores do Santuário. Discordo de Gleen e dos outros de não voltar para o Santuário e checar se todos estão mortos, Rick está certo de não deixar pessoas como aquelas vivas.

Fora do massacre no Santuário, Tyreese enfrentou o dilema de ter que tirar a vida de uma pessoa com suas próprias mãos e fez o certo ao matar aquele monstro que queria machucar a pequena Judith. Tyreese deu um passo sem volta e que o mudará para sempre. Uma trama violenta que terminou de forma muito otimista; o calado Daryl teve uma atitude rara ao ficar emocionado e dar um sincero abraço ao reencontrar Carol; assim como Rick em seu agradecimento e ao lado de Carl descobrirem que Judith ainda está viva!

Um início de temporada espetacular e que já entra no top 5 de melhores de episódios de TWD para um novo ano que apenas está começando!

Comentários Extras:

Uma agradável surpresa o retorno de Morgan Jones (o competente Lennie James) na cenas pós-crédito que agora está próximo do grupo de Rick, um dos melhores personagens da série de volta ao lugar que nunca deveria ter saído

Sério que alguém acredita nesta história do Eugene? Um caipira covarde que inventou tudo isso para fugir para Washington.

O Sargento Abraham Ford está escondendo algo de Rick e dos outros, pode vir daí um novo choque entre o grupo principal e o de Ford.

Glenn é o cara mais sortudo de TWD, escapou de virar comida duas vezes no último segundo antes de sua garganta ser cortada.

Difícil escolher o zumbi mais assustador deste episódio; a que tentou pegar Carol, o sem rosto tentando entrar no vagão ou aquele pegando fogo!

O ator Robin Lord Taylor , o Pinguim de Gotham, fez uma minúscula participação como o cara loiro que é o primeiro a ser morto na cena do abate das pessoas.

cinco

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s