Deixe um comentário

The Blacklist – 2×15 – The Major

blacklist“Eu juro contar toda a história de The Blacklist para quem nunca assistiu a série!” Um episódio que pareceu ter sido criado unicamente para tentar atrair novos telespectadores ao fazer uma longa recapitulação da história.

Se algo bom saiu do interrogatório de Liz foi que o Juiz, que deveria ter escolhido a dermatologia como profissão, fez bons e sarcásticos comentários sobre a incrível história contada por Liz sobre Red e a Blacklist. O Juiz pareceu representar o próprio telespectador ao dizer exatamente o que os fãs da série pensam sobre a história; Red está apenas usando o FBI para seu proveito próprio e a agência aceita isso em troca de prender alguns perigosos criminosos; como Liz pode conviver com Red até hoje sem saber o motivo de ele a ter escolhido e como FBI colocou Liz nesta importante função, mesmo sem ela ter nenhuma experiência.

Nunca duvidei que se fosse preciso Cooper mentiria para salvar Liz e a força-tarefa, como esperado teve que cometer perjúrio, já que um possível julgamento de Liz pode destruir não só a vida dela, como jogar no lixo todo o trabalho que eles fizeram até agora, mas ao ficar do lado de Liz, Cooper colocou sua carreira em risco e comprou uma desnecessária briga com o Juiz. Estou surpreso com a persistência de Wilcox, o caso da morte do policial Eugene virou algo bastante pessoal para o detetive que agora tem o apoio do promotor Markin e até do próprio Juiz. Red deveria ter dado um fim no Aleko que com sua boca aberta acabou entregando uma prova essencial contra Liz que agora vai ter que explicar suas mentiras para o Juiz. Tenho certeza que Liz não será condenada pelo crime, mas tudo isso será importante para Liz perceber o erro que cometeu ao deixar sua vingança pessoal contra Tom dominar a sua vida e até interferir no seu trabalho.

A minha velha suspeita de que Tom na verdade era um espião de Red foi confirmada pelo Major, a surpresa foi que o Major foi o responsável por fazer Tom trocar de lado e trabalhar para o Berlin, algo que Red não contava e que destruiu o seu plano inicial. Gostei bastante da cena inicial e da história sobre o passado de Tom ou melhor de Jacob, recrutado quando jovem pelo Major que usou as habilidades e o comportamento sociopata de Tom para transformá-lo em um dos seus melhores soldados. Impactante a frieza de Tom ao matar o alemão para poder conquistar a confiança do líder da gangue alemã e oferecer os serviços do seu fornecedor de armas. Estou curioso para saber como essa história de Tom será ligada ao enredo de Liz, talvez isso aconteça através de Red que deseja capturar Tom para provar a inocência de Liz.

Dembe pela primeira vez falou mais do que cinco palavras e foi perfeito ao dizer que já passou da hora de Red contar toda a verdade para Liz! Por mais que não esteja ainda preparado para contar tudo, Red precisa pelo menos assumir para Liz sua culpa no que aconteceu em relação ao Tom, algo que Liz não vai gostar nada de saber e que vai só aumentar a sua mágoa em relação a Red.

Os enredos de Red e Tom evitaram que este episódio fosse um total desperdício de tempo para aqueles que acompanham a série desde o começo e que não precisavam ter assistido essa desnecessária recapitulação.

tres

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s