Deixe um comentário

12 Monkeys – 1×07 – The Keys

xcole-enjoying-tandoori-skewers-12-monkeys-s1e7.jpg.pagespeed.ic.B4Vd4RwbADdZuXsAPt6-A cada episódio 12 Monkeys foi deixando sua trama mais complexa e sendo mais ousada ao não temer apresentar uma história que não tem uma linha narrativa reta e que está ligadas e dependente a idas e vidas da viagem do tempo do seu protagonista a cada semana. The Keys foi o episódio mais ousado da série e que usou da melhor maneira possível o artifício da viagem do tempo.

Logo de cara o episódio revelou mais sobre o corpo que foi encontrado em 1987 no Himalaia, data que já foi mencionada e que está ligada Cole. Foi através DNA do homem morto que o vírus foi fabricado, o que aumenta ainda mais a minha teoria de que aquele corpo é do próprio Cole que por ser imune ao vírus pode ter ele dentro de si sem saber. O perigoso vírus que iria ser usado na Chechênia somente para matar Wexler, um ex-analista da CIA que estava pronto para revelar importantes segredos do Governo dos EUA, aqui mais uma qualidade do roteiro que conseguiu encaixar muito bem elementos da vida real com a ficção.

Aos poucos Cole e Cassie estão formando uma das melhores duplas da televisão, a cena deles na festa foi adorável e engraçada, com Cole comendo o espetinhos, querendo tocar na pintura e com eles dançando. Cole ligou para Cassie e pediu sua ajuda no presente para algo que iria ainda acontecer no futuro dela e no qual ela seria obrigada, por mais difícil e triste que fosse, cumprir as ordens dele. O roteiro foi ousadíssimo ao utilizar no meio do episódio tanto o clássico truque narrativo do “horas antes”, como também colocar uma trama na qual o começo dela aconteceria somente nos minutos finais do episódio, o presente foi iniciado no futuro que foi concluído no passado, confuso e sensacional.

A relação de confiança, amizade e outros sentimentos chegou ao seu momento mais importante, onde Cassie praticamente teve que ser duas vezes a responsável pela morte de Cole, tudo para evitar que o vírus se espalhasse. A dupla teve dois belos diálogos, o primeiro quando Cole confessou sobre Keys, o lugar que dá nome ao episódio, e também quando Cassie se despediu de Cole, já sabendo que ele estava partindo para sua morte. Nada disso teria acontecido sem a importantíssima ajuda de Aaron, foi genial tanto a maneira que roubou a informação sobre a Operação Troia, como também ao chantagear seus superiores para garantir que nada aconteceria com ele e Cassie.

A minha outra teoria de que a Testemunha e líder dos 12 macacos é algum do futuro ganhou ainda mais força, já que o exército também sabia e estava atrás do vírus na Chechênia. Não acredito que seja alguém infiltrado no governo dos EUA ou algo do tipo, mas sim alguém que tem como Cole informações sobre o passado, presente e futuro. Essa minha ideia ganhou mais respaldo depois do diálogo onde Wexler (Ari Millen, de 12 Monkeys) falou sobre o exército e usou as palavras, “morte, “tempo” e “renascimento”, principalmente a última palavra que pode o indício do líder ser alguém que deseja que a humanidade renasça após o seu fim.

Aquela realidade alternativa apresentada no episódio passado foi destruída completamente no instante que Cole se sacrificou para evitar que o vírus fosse espalhado a partir da Chechênia, o que não quer dizer que a humanidade está salva. O futuro apocalíptico ainda irá acontecer e o Cole da realidade que conhecemos deve voltar no próximo episódio, será muito interessante ver o reencontro de Cole com Cassie. Antes de acabar com todos os seus saltos pelo tempo, Cole terá ainda muitas viagens, a mais aguardada delas é para o ano de 1987, ano onde começou de verdade o futuro que conhecemos em 2043.

quatro_e_meio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s