1 comentário

Arrow – 3×15 – Nanda Parbat

Arrow-Nanda-Parbat-still-04Os personagens de Arrow enfrentaram seus medos e segredos em um episódio que pode ser crucial para série voltar aos seus bons tempos, apesar de ainda faltar bastante para a história conseguir alcançar o seu melhor.

Tanto Thea como Laurel estão deixando a razão de lado e estão sendo dominadas pelas suas emoções, o que faz com que elas cometam uma série de erros. Thea fez bem de confessar a verdade sobre ter matado Sara para Laurel, a Canário Negro foi prepotente ao achar que poderia enfrentar Merlyn que não só ganhou dela fisicamente, como também psicologicamente ao compará-la com Sara. A sorte de Laurel é que Thea foi ainda mais burra ao decidir entregar Merlyn para a Liga dos Assassinos!  Apesar dos conselhos e do exemplo de Roy, sendo um pouco mais útil neste episódio, Thea cometeu mais um erro ao libertar Nyssa!Quem também está agindo muito mais com a emoção é Nyssa que nem parece ser filha de um homem frio como Ra’s, Nyssa também está presa demais ao seu desejo de vingança. Estou curioso para saber como terminará este combate, já que ambas estão cegas e sendo consumidas por diferentes sentimentos.

Arrow continua repetindo o mesmo erro de The Flash ao introduzir da maneira e no momento errado um novo herói, o enredo de Ray não se encaixou muito bem com o tom deste episódio, mas foram engraçadas as cenas de Felicity e Ray. Os dois personagens combinam bastante e ajudam a deixar a trama bem mais leve, sou totalmente a favor dos dois ficarem juntos, desta maneira Felicity ganha um par romântico mais parecido com ela e não fica presa somente a trama de Oliver. O problema é que ainda não estou convencido de que Ray Palmer está pronto para ser um herói e estou muito insatisfeito com essa versão do Átomo!

Se o Nuclear em Flash está sendo acusado de ser igual ao Tocha-Humana da Marvel, o Átomo de Arrow é praticamente uma cópia, ruim, do Homem de Ferro!! A cena dele colocando o uniforme e voando pela primeira vez foi igual a uma cena do primeiro filme do Homem de Ferro! Espero que assim como está acontecendo com o Nuclear, o Átomo da série fique mais parecido com suas versão dos quadrinhos, principalmente ana sua capacidade de diminuir de tamanho. O flashback foi mais uma vez pura enrolação, era óbvio que Amanda e o General Shrieve não deixariam Oliver e os Yamashiros livres para irem embora. Suspeito que não foi Amanda, mas sim Shrieve que mandou aqueles homens atrás dele para esconder as provas da missão. A separação de Oliver com o fiho dos Yamashiros é mais uma desculpa para prolongar este flashback sem fim.

Depois de “Nanda Parbat” começo a enxergar um pouco melhor o objetivo desta terceira temporada de Arrow que desde o começo colocou Oliver Queen enfrentando o seu pior inimigo…..ele mesmo! Desde o começo da temporada Oliver vive um conflito interno sobre conseguir ser o Arqueiro e Oliver Queen ao mesmo tempo, nesta temporada Oliver enfrentou seus medos e aprende que não é invencível após ser quase morto por Ra’s. Um episódio que desconstruiu a imagem de homem perfeito de Oliver que se escondeu nas desculpas de proteger a alma de sua irmã, quando na verdade o que queria era uma revanche contra Ra’s para provar que é capaz de derrotá-lo e também limpar a sua própria honra.

Diggle sempre foi aquele que consegue desvendar o que se passa dentro da cabeça de Oliver e desde o começo queria que Oliver entendesse sozinho o real motivo de ir atrás de Ra’s. Diggle e Oliver viraram irmãos, apesar da situação foi bacana a maneira que Diggle o convidou para ser seu padrinho, também foi muito bom ver Diggle em ação e não apenas filosofando. Discordo de Diggle e tenho certeza que foi o egocentrismo de Oliver que o fez desperdiçar a chance de se livrar de Merlyn e da Liga dos Assassinos, não acho que Thea iria se sentir tão culpada por matar o monstro do seu pai e sinceramente mais cedo ou mais tarde Ra’s iria encontrar Merlyn.

Não consigo encontrar uma lógica na decisão de Ra’s de escolher Oliver como o seu sucessor, o líder da Liga dos Assassinos não conhece Oliver direito e a ainda o derrotou facilmente, o que prova que Oliver não está preparado para assumir o seu lugar. Nos quadrinhos Ra’s Al Ghul chega a escolher Batman como o seu sucessor, mas isso acontece depois de muitas batalhas entre os dois. Não consigo nem imaginar qual rumo a trama vai seguir após este inesperado convite de Ra’s, uma possibilidade é que Oliver fique atraído a aceitar o convite, já que com a Liga nas suas mãos pode usá-la para ajudar ainda mais pessoas. Esse convite servirá para mais uma vez Oliver questionar a si mesmo sobre o que deseja para o seu futuro e como vai continuar nesta jornada que escolheu para sua vida.

Um episódio que propositadamente deixou muitos ganchos aproveitando que Arrow vai ter uma nova pausa e retorna com um novo episódio no dia 28 de março.

tres_e_meio

Um comentário em “Arrow – 3×15 – Nanda Parbat

  1. Oliver apanha de Merlyn, Nyssa ganha de Merlyn(ok, ele é filha de Rah’s mas ai vai lá e é derrotada por Oliver, que porcaria é essa? como que ela consegue vencer Merlyn e perder pra Oliver? o episódio tava até legal, mas lá pra quase o fim do episódio que Oliver e Diggle foram para Nanda Parbat, teve quase nada por lá e pra piorar, Rah’s querer que Oliver seja seu sucessor… ah vá, pra variar só volta lá pro fim do mês que vem, sendo que acabou de voltar de uma midseason ¬¬

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s