Deixe um comentário

Greys Anatomy – 11×12 – The Great Pretender

CHANDRA WILSON, BENJAMIN PATTERSONApós um episódio bastante triste, Grey’s Anatomy apresentou essa semana uma trama mais leve e refletindo sobre os segredos que guardamos. Por mais que uma pessoa confie na outra, é impossível não ter em algum momento da vida algum segredo guardado, um segredo é muita vezes um mecanismo de defesa do ser humano para esconder coisas que tem vergonha sobre si mesmo.

Joe ganha uma irmã!

O sumido Joe voltou a trama principal e logo de cara com um excelente enredo sobre seu irmão Curt passar pelo processo para virar uma mulher! Excelente a maneira como o enredo começou leve com os irmão jogando a cinza de seu pai e depois foi crescendo até virar um grande, no bom sentido, drama. Rapidamente percebi que Curt era um transgênero e que estava mudando de sexo, Meredith e Bailey também perceberam isso, só Joe que demorou a entender o que estava acontecendo com seu irmão.

A forte reação de Joe a notícia não está ligada a um preconceito sobre seu irmão virar mulher, na realidade Joe se sentiu traído, já que contou tudo o que sentiu e que viveu nestes anos para Curt que escondeu dele por tanto tempo este seu importante segredo. O elo de confiança entre eles foi quebrado, mas Joe precisa entender que Curt não revelou isso para ele e para ninguém porque não estava preparado e sofreu por anos com este segredo, Bailey aceitou o que estava acontecendo e tentou explicar isso para Joe que ainda precisa de tempo para aceitar a novidade. Bailey também foi delicada ao se referir a Curtis sempre como ela e foi gentil de levar Avery para ajudar Curtis a fazer da forma correta e segura o processo de mudança de sexo para finalmente poder virar Rosiland.

Meredith só quer ser ela mesma

Fiquei um pouco decepcionado com este enredo sobre o que Meredith fez na sua mini férias, cheguei até imaginar que ela tinha ido encontrar com Cristina. Depois de tantos anos sendo uma médica e mãe, é normal Meredith querer voltar a ser apenas ela mesma e ter alguns dias de folga para esquecer os problemas e relaxar, a questão é que Meredith não fez isso por estar estressada ou algo do tipo, na verdade está fugindo de encarar a realidade.

Meredith está com medo de perder Derek e do futuro deles, por isso está tomando o caminho mais fácil de fugir do assunto, voltando a rotina onde o casal não consegue conversar sobre seus problemas. Deu dó de como Maggie está se esforçando tanto para conquistar a confiança de Meredith e ser sua amiga e irmã, mas Meredith não parece preparada para este tipo de relação com Maggie, tanto que contou parcialmente a verdade para Maggie e abriu seu coração para Avery, a sua pessoa.

Hunt, o militar irresistível

Qualquer mulher se derreteria pela maneira emotiva e sincera que Hunt conta sua história do médico que passou pela guerra para salvar a vida das pessoas. Mesmo sem escutar essa sua verídica história, Amy e Herman não resistiram ao charme do médico ruivo.

Amy, sem drogas, mas com água

Amy está aos poucos tentando recomeçar sua vida sem as drogas, um desafio bastante complexo já que usava as drogas como mecanismo de defesa e até para paquerar homens. Fofa demais Amy toda atrapalhada tentando paquerar Hunt e depois indo no seu trailer levando uma água! Felizmente Hunt não titubeou e aproveitou essa oportunidade de ficar com uma pessoa que pode fazê-lo muito feliz! Estou torcendo muito para este casal!

Herman, um tumor no cérebro faz uma pessoa ser melhor, e Arizona, a caçadora de residentes

Nada como um tumor no cérebro para transformar a chata e insuportável da Herman em uma pessoa agradável e muito engraçada! Boas risadas com essa versão mais impulsiva de Herman roubando um sofá para morar no hospital e dando em cima de Hunt! Claro que esse comportamento é uma consequência da piora do seu tumor que precisa ser tirado urgentemente por Amy.

Quem se beneficiou com essa mudança de comportamento de Herman foi Arizona que vive uma fase de solidão e que precisa, assim como a própria Herman, de uma amiga. Ri muito com a reação da Arizona ao ver Jo nua, foi muito engraçado todo mundo tirando sarro da cara da Arizona pelo seu passado com residentes e Karev falando, na frente da própria Arizona para Jo sobre colocar suas calças!

Jo, não quero usar calças

Não tenho absolutamente nada contra Jo não usar calças, mas a residente já deveria ter aprendido que não pode mais ficar andando nua pela casa, já que o local recebe constantemente muitas visitas e hóspedes. Fofo demais a maneira que Karev falou que vai casar com Jo!

Para fugir de um namorado grudento, basta desmaiar!

Este caso principal foi muito engraçado! Concordo que o namorado da garota era grudento e chato demais, mas ela também tinha que ter sido mais corajosa e ter terminado no começo o relacionamento e deixar chegar ao ponto onde precisava fingir ter desmaios! O mais cômico foi como a paciente levava a sério a sua mentira e até se machucou gravemente por isso! A paciente precisa agradecer e muito tanto a Amy e Maggie por cuidarem de sua saúde e principalmente a Callie que terminou, por ela, com o chato namorado.

Callie, redescobrindo a arte da paquera

Sinceramente Callie não precisa de nenhuma tática para paquerar, é linda, simpática e muito sexy, faltava a doutora coragem de querer voltar ao jogo e foi isso que fez no final. Até acreditava que o próximo relacionamento de Callie seria com uma mulher, mas Callie decidiu dar uma nova chance aos homens. Callie precisa curtir um pouco a vida e esperar um pouco mais antes de entrar em um novo relacionamento sério.

Webber, as pessoas não mudam

Para um homem tão experiente Webber foi inocente como uma criança de achar que alguém como Catherine seria capaz de mudar. Compreendo que Catherine não tem vergonha de sua personalidade, mas foi desprezível a maneira que usou Webber tanto para esquecer o problema de Avery e April como para encontrar uma desculpa para ficar próxima de Avery. Concordo que Webber precisa entender que Catherine jamais vai mudar sua maneira de pensar, mas Webber não deveria ser esforçar para ficar perto de uma pessoa tão egocêntrica e que o usou desta maneira. Catherine pelo menos deu um bom conselho para Avery não ficar grudado em April, como ela própria faz com seu filho, mas sim estar presente quando sua esposa precisar dele.

tres_e_meio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s