Deixe um comentário

Switched at Birth – 4×07 – Fog and Storm

switched-at-birth-feb-12-2015-1Nada como uma forte tempestade para trancar as pessoas no mesmo lugar e obrigá-las a discutirem sobre todos os seus problemas não resolvidos!

Após ouvir o sábio John, Bay mostrou maturidade ao chegar a conclusão de que era impossível ter um relacionamento com Emmett baseado em uma mentira. Emmett escolheu o caminho mais fácil ao querer largar tudo para ficar com Bay e culpar somente Tank pelo que aconteceu, fugindo desta maneira da verdade e de sua própria culpa, já que Bay só bebeu daquela maneira por causa da briga deles. Como escrevi no meu review anterior, o maior culpado foi realmente Tank por ter ido além do limite, mas isso não exime Bay de ter tomado uma série de decisões erradas. Dificilmente Bay e Emmett vão conseguir continuar este relacionamento, o que aconteceu entre Bay e Tank é algo muito mais difícil de ser superado e esquecido do que foi a traição de Emmett.

Se não bastasse para Daphne descobrir que Regina investiu 50 mil dólares na cafeteria de Eric, ainda flagrou os dois juntos, mas claro que para piorar ainda mais, Eric tinha que ter escolhido ninguém menos que o Nacho para instalar o Wi-Fi na cafeteria! Percebi alguns furos nesta história, o primeiro que Nacho continuou a instalar o Wi-f,i mesmo sem luz, o que é um tanto quanto estranho, o segundo foi Nacho descobrir somente agora e através de Daphne que a polícia não está mais atrás dele. Daphne foi burra demais de contar tudo para Nacho e desta maneira deu para o delinquente a oportunidade perfeita para fazer uma chantagem pelo seu silêncio.

A sorte de mãe e filha é que Eric resolveu parcialmente a situação, Nacho ficou quietinho ao ver a tatuagem de Eric que voltou ao seus tempos de gangue e deixou o garoto bastante assustado, mas não sei será o bastante para fazer Nacho desistir da ideia da chantagem. Tenho certeza que Eric ainda não contou toda sua história e aposto que as suas constantes mudanças, citadas pelo seu fofo filho, estão ligadas a este seu passado com essa gangue. Não é nada fácil para Daphne ver Regina com outro homem que não Angelo, mas Regina foi sincera ao dizer que precisa continuar com sua vida, o que Daphne compreendeu muito bem.

Aposto que agora Kathryn preferia muito mais descobrir que sua mãe virou lésbica do que a realidade de que Boonie tem Alzheimer. Inicialmente acreditei que este enredo seria bem engraçado com Boonie revelando que Lucille era sua companheira, assim como Kathryn tomei um susto com a revelação da doença. Minha avó teve e faleceu de Alzheimer, uma doença que destrói a vida da pessoa e também dos seus familiares, compreendo perfeitamente a reação de Kathryn que no fundo só queria ajudar a sua mãe. Boonie está sendo bastante lúcida ao decidir aproveitar ao máximo o tempo que lhe resta, tendo novas experiências, incluindo ter uma companheira, já que no fim John estava certo. Lucille pareceu ser uma ótima pessoa e está disposta ajudar Boonie nesta complicada fase que se aproxima, já Kathryn pode ir muito bem visitar sua mãe na França e aproveitar os últimos momentos com ela.

quatro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s