Deixe um comentário

The Flash – 1×13 – The Nuclear Man

fla113a0064bcjpg-8e909e_960w

Neste ano tanto The Flash como Arrow estão trabalhando paralelamente as aventuras de seus protagonistas as histórias de de outros heróis dos quadrinhos, The Flash com Robbie/Stein, o Nuclear, e Arrow com Ray Palmer, o Eléktron. Particularmente não estou gostando dessas histórias paralelas em nenhuma das duas séries, muito pelas fracas atuações do intérpretes dos personagens.

O Nuclear é um personagem muito difícil de trabalhar, tanto na parte psicológica por ser um herói com dois homens preso no mesmo corpo e também na parte prática. Pela falta de uma grande orçamento para recriar na TV a maneira que o Nuclear é mostrado nos quadrinhos, os roteiristas de The Flash escolheram mostrar o personagem como um caso de dupla personalidade com Robbie Amell interpretando tanto Roonie como Stein, o que até poderia dar certo se Robbie não fosse um ator tão limitado. Essa limitação de Amell ficou ainda mais evidente ao comparar sua atuação com a de Victor Garbar como o Dr. Stein, mesmo tendo participado de apenas uma cena no encontro do personagem com Barry. Os roteiristas poderiam encontrar uma maneira mais criativa de mostrar na prática o confronto interno entre as mentes de Roonie e Stein.

Algo que também não estou gostando é a maneira limitada que os grandes poderes dos Nuclear estão sendo mostrados, o personagem está parecendo uma versão paraguaia do Tocha-Humana da Marvel, em um certo momento um personagem até disse a clássica fase do herói da Marvel ao se transformar “Flame On!”. Espero que tanto a questão da personalidade e principalmente uma evolução nos poderes do Nuclear aconteça agora que ele vai usar máquina criada por Wells e Cisco, máquina que tem o formato igual ao logo do Nuclear nos quadrinhos. Para não ser tão crítico, e para alguns chato, gostei de dois elementos desta história, a maneira que Caitlin se manteve forte o máximo possível para ajudar tanto Roonie como Stein, além de pressionado Wells a encontrar uma maneira de salvá-los. Não foi um ato altruísta de Wells dar o chip da sua roupa de Flash Reverso, pelo contrário, fez isso porque para o seu plano dar certo a cidade não pode ser destruída.

Felizmente o episódio teve dois ótimos enredos paralelos ligados a Barry. Gostei muito da rápida química entre Barry e Linda, a jornalista tem uma personalidade bem definida e forte, a cena dos encontros foram bem fofas e engraçadas, qualquer pessoa no lugar de Linda teria dado um fora em Barry depois de ele largá-la seminua na sua casa! Não é nada fácil para Barry conseguir equilibrar sua vida de herói e ter ao mesmo tempo um relacionamento sério; Barry vai ter que realmente ser o homem mais rápido do mundo para salvar o mundo e ao mesmo tempo conquistar Linda. O pior foi que Barry quase perdeu sua chance com Linda não por causa da sua vida paralela como herói, mas pela mala da Iris! Não consigo entender Iris, primeiro deu um grande fora em Barry e agora está morrendo de ciúmes ao vê-lo com Linda, adorei quando Barry disse para Iris que não ama mais ela! Iris perdeu sua chance e se é amiga de verdade de Barry, não pode atrapalhar a chance de ele ser feliz. Os inimigos de Flash precisam descobrir que o ponto fraco dele é  a pimenta! Boas risadas com a cena de Barry comendo uma ardida pimenta para convencer Linda a lhe dar uma nova chance.

O terceiro enredo foi o mais importante da trama sobre a dupla West e Cisco investigando a morte da mãe de Barry. Gostei da dinâmica de West e Cisco, o detetive com seu jeito durão que foi quebrado com as descaradas e engraçadas cantadas da mulher que está morando atualmente na casa de Barry! Cisco está evoluindo cada vez mais e foi simplesmente genial a máquina que ele criou para recriar a cena do crime, com um efeito especial muito bom. A investigação provou a teoria que circulava entre os fãs da série que a versão adulta de Barry Allen estava presente no dia do assassinato de sua mãe, provavelmente tentando evitar que isso acontecesse. Estou curioso para ver como a série vai trabalhar a questão sobre a viagem do tempo e a identidade do Flash Reverso que matou a mãe de Barry, já que não acredito que seja o Wells. Além da descoberta, a investigação também foi a oportunidade para West abrir os olhos de Cisco sobre Wells, por mais que o nerd veja o doutor como seu ídolo tenho certeza que aos poucos vai perceber que Wells está escondendo algo.

tres_e_meio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s