2 Comentários

Switched at Birth – 4×06 – Black and Gray

Switched-at-Birth-Season-4-episode-6

Ao escolher debater o polêmico assunto do estupro, Switched at Birth sabia que precisava fazer isso de forma delicada e tentar ao máximo colocar todos os lados e defesas de uma complexa situação como essa, mostrando não só o lado da vítima e do acusado, mas também de seus familiares e amigos e também como as pessoas de fora acabam fazendo injustos julgamentos.

As reações das pessoas ao redor de Bay foram as mais diversas, Regina não soube como lidar com a situação, errou tanto ao cobrar Melody como também ao levar a mulher que só queria usar Bay como uma mártir de um movimento. Não gostei nem um pouco da revelação de Kathryn já ter sido vítima de um abuso sexual, o diálogo pareceu falso e criado somente para fazer o enredo ficar ainda mais dramático. Travis ficou nervoso por se sentir culpado por não ter ajudado sua amiga, mas nada do que aconteceu foi culpa dele. Tanto Toby como Lily erraram, ela ao se deixar pela raiva com a situação e não pensar em Bay ao contar tudo para Melody, já Toby ao não entender que Lily fez isso também porque é parte da responsabilidade de seu trabalho.

Emmett não quis nem ouvir a explicação de Bay e quase a traiu por vingança, felizmente Daphne mostrou ser uma irmã carinhosa e presente ao ir falar com Emmett e explicar tudo o que aconteceu. Não vejo como Bay e Emmett continuarem juntos depois de tudo isso, por mais que agora saiba de toda a história, não sei se Emmett será capaz de perdoar Bay e talvez ainda acredite que ela teve culpa em tudo que aconteceu. A melhor reação foi a de John que primeiro agiu impulsivamente ao ir atrás de Tank, mas depois teve a melhor atitude possível ao abraçar e lembrar Bay que ele a ama e que sempre vai estar do lado dela.

Tanto Bay como Tank cometeram uma série de decisões erradas que acabaram criando toda essa enorme confusão. Entendo a visão feminista de Mary Beth sobre Bay ter exagerado na bebida e baixado a guarda, mas Bay tem o direito de se divertir e cometer alguns erros, o que não quer dizer que merece ser estuprada. Tank já mostrou no passado o quanto gosta e se preocupa com Bay, mas de certa maneira assumiu parcialmente sua culpa; primeiro ao ser confrontando por John e depois na conversa com Bay, em ambos os momentos mostrou uma certa dúvida sobre sua própria decisão de ter transado com Bay naquela situação e pareceu mais preocupado com o que aconteceria com ele e não com o erro que cometeu.

Muito mais por cansaço, Bay tentou colocar um ponto final na história ao conversar com a representante da faculdade, mas Bay não foi confiante em suas palavras e acabou passando a sensação de que dentro de si sente não acredita ter dado o seu consentimento para a relação sexual. Tank sabia que essa conversa de Bay com a representante da faculdade terminaria com a sua expulsão, o que é mais um sinal de como Tank sabia que tinha feito algo errado.Tank terá que conviver com essa mancha que vai prejudicar o seu futuro tanto nos estudos como na vida em geral; enquanto Bay terá que lidar com as consequências e os traumas deixados pelo o que aconteceu naquela fatídica noite.

quatro

2 comentários em “Switched at Birth – 4×06 – Black and Gray

  1. “Entendo a visão feminista de Mary Beth”

    Não sei se foi uma confusão, mas a Mary Beth Não foi nem um pouco feminista!

    Estou bem ansiosa pra saber como eles vão lidar com a situação. Acho que eles estão sendo bem realistas no processo todo, mas espero que isso não acabe com a Bay sendo culpabilizada.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s