Deixe um comentário

Gotham – 1×15 – The Scarecrow

scarecrow1Esperava muito mais da conclusão da história de Gerald e seu filho Jonathan Crane, o Espantalho, um enredo com enorme potencial que ficou perdido entre as inúmeras, e maioria delas desnecessárias, tramas de Gotham.

O trauma por não ter conseguido salvar a vida de sua esposa levou Gerald a loucura e acreditar que poderia acabar com o medo, o que parece praticamente impossível e a droga na verdade acabou deixando o seu filho Jonathan em constante terror. A história de origem criada para Jonathan Crane foi bastante original e criativa, essa loucura vai levar Jonathan a se transformar no Espantalho, por ter visto um no exato instante que tomou a droga, e vai fazer o inverso do trabalho do seu pai ao ter como objetivo maior espalhar o medo em todas as pessoas. Gotham se inspirou bastante em Batman Begis para criar a sua versão do efeito especial na cena da alucinação criada pela droga, realmente foi bastante assustador o pesadelo de Jonathan com aquele espantalho.

A trama romântica e voltada para o humor de Gordon não sabendo conviver com Leslie no trabalho não combinou com o enredo de terror do vilão da semana, criando um conflito entre dois tipos opostos de enredos não deveriam ter sido encaixados no mesmo episódio. A presença de Leslie faz parte da tentativa dos roteiristas de melhorar a imagem de Gordon e teve até uma leve graça, Bruce não conseguiu manter a falsa imagem de detetive durão e muito menos resistir ao charme de Leslie, comprovando que é ela quem manda neste relacionamento.

O enredo secundário centrado em Bruce Wayne também pareceu bastante influenciado por Batman Begins; excelente ver Bruce deixando de ser um garoto riquinho mimado e tendo que aprender a se virar sozinho após acidente na caminhada, o que compensou a insossa cena dele chutando as pedras. Gosto de ver Alfred sendo uma atípica figura paterna, sendo ao mesmo tempo provocador, deixando Bruce aprender a cuidar de si mesmo, e carinhoso ao substituir o pai de Bruce na caminhada.

Momentos marcantes para a história do Pinguim neste episódio, o primeiro ao abrir o seu primeiro clube, o Oswalds, o que só foi possível após Falcone fechar um acordo, típico de mafiosos, para Maroni não matar o Pinguim, pelo menos por enquanto. O mais importante foi perceber como Falcone não desconfia que o Pinguim tem o desejo de ser um Chefe, o que pode ser uma vantagem para o Pinguim superá-lo, apesar que atualmente é melhor para o Pinguim que Falcone continue vivo, já que a sua presença é a única coisa que impede Maroni de matá-lo; ainda sobre essa parte, foi inteligente a ideia de usar a canção “No More Heroes (Sem Mais Heróis) na cena da abertura do clube do Pinguim. O outro momento histórico foi o estranho primeiro encontro entre o Pinguim e Ngyma, mostrando o quanto os dois não são nada normais, Pinguim que mais uma vez provou para Nygma que ninguém gosta das suas idiotas charadas.

Uma lição que a equipe de roteiristas de Gotham precisa aprender é como trabalhar melhor o seu vasto número de personagens e que alguns deles não precisam aparecer em todos os episódios. Cortaria sem pensar duas vezes toda a parte de Fish naquela estranha prisão, a personagem que era inicialmente atraente está cada vez mais caricata, com sua postura de mulher forte e que não aceita ser controlada por homens. O golpe que ela armou para assumir o poder foi previsível e chato e pior ainda foi a cena da mulher sem olhos, desnecessário, afinal já tinha ficado bem claro que a quela prisão é bastante perigosa.

O vídeo promocional do próximo episódio de Gotham promete revelar a origem de ninguém menos que o Coringa!

tres

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s