Deixe um comentário

Sleepy Hollow – 2×15 – Spellcaster

215Sscn3_4_0151_f_hires2 [www.imagesplitter.net]Seria um enorme erro deixar um personagem tão especial como Henry de fora da trama por muito tempo, o filho de Crane e Katrina voltou na hora e no episódio certo!

John Noble é um ator magnífico que conseguiu passar bem o momento que Henry estava vivendo, rancoroso pela última derrotada e vivendo uma vida comum, sendo apenas mais uma pessoa no mundo. Henry tinha duas opções, ser uma ovelha e ter uma vida ordinária igual a da dona do hotel e seu filho ou ser o lobo que domina a todos e tem controle através da força e do medo, como os bandidos que estavam no hotel. Esse período de indecisão sobre seu futuro foi, mesmo rapidamente, bem desenvolvido, entrando na alma de Henry, um homem que faz o seu próprio destino, assim como seu hobby, ele é o construtor de sua própria vida e as pessoas são apenas peças em suas mãos. Moloch está, pelo menos por enquanto, oficialmente morto, é a hora de Henry assumir, merecidamente, o papel de vilão principal da história, algo que deveria ter sido feito desde o começo desta temporada.

O episódio passado deixou um gancho sobre algo estar bem errado com Irving e esperava que no máximo ele estivesse sendo controlado, sem saber, por uma força maior e não que estava fazendo por conta própria trabalhando para o lado do mal! Uma surpresa a revelação de que Irving está desde o seu retorno do mundo dos mortos trabalhando para Henry e que seu plano sempre foi reconquistar a confiança de Henry e Abbie apenas para traí-los! Abbie ainda não está totalmente certa de que este Irving é o mesmo que conheceu e com certeza irá descobrir a verdade sobre seu velho amigo.

O caso da semana foi bem mediano, o feiticeiro Solomon Kent (competente Jonathan Schaech) só fugiu um pouco do padrão da série por ser um homem em busca de redenção ao tentar corrigir o erro que cometeu no passado e que o levou para as trevas. É incrível como a cada nova tentativa de melhorar a imagem de Katrina a personagem fica ainda mais chata; o flashback com a história de sua avó, ninguém merece uma Katrina em dobro, e Kent foi longo demais e quebrou o ritmo da trama. A história desta semana era uma oportunidade para Katrina se destacar e ganhar mais vida, mas a personagem continua sem carisma algum.  Não vejo com bons olhos a trama de Katrina começar a ficar atraída pelo lado sombrio dos seus poderes, isso só deve piorar a imagem da personagem e deixá-la mais distante de Crane, um par romântico que nunca deu liga. Katrina se tornou ainda mais inútil depois que Crane e Abbie, impulsionados por Irving, voltaram às suas origens ao perceber que não precisavam de magia para derrotar o Kent, mas sim a ciência moderna que superou a bruxaria negra!

Faltando poucos episódios para o fim da temporada, Henry retornou para iniciar uma nova história que ganha ainda mais impacto com Irving entregando o poderoso diário do feiticeiro para Henry que pode usá-lo exatamente para mudar o seu passado.

Comentários Extras:

A cena inicial com Crane pedindo ajuda, urgente, de Abbie para olhar a casa a venda foi bem engraçada, Crane aos poucos descobre como o marketing é a alma dos negócios e como nunca deve confiar em agente imobiliário.

Crane descobriu o que é pixels e mostrou, para surpresa de Abbie, que está se atualizando bastante sobre o mundo moderno.

tres_e_meio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s