Deixe um comentário

Sleepy Hollow – 2×13 – Pittura Infamante

3Aqueles que acompanham e gostam de Sleepy Hollow ficaram surpresos ao descobrir que a Fox renovou suas principais séries e deixou Sleepy Hollow de fora desta lista. Durante uma coletiva de imprensa os chefões do canal afirmaram que vão esperar um pouco mais antes de decidirem o futuro da série, já que a audiência caiu bastante entre a primeira e a segunda temporada.

Como voto de confiança, e última chance, anunciaram também que a série vai ter mudanças criativas, Sleppy Hollow não vai usar mais o formato de uma história que se alonga por vários episódios, como foi a primeira parte desta atual temporada, e a partir de agora seguirá mais o estilo de uma história por semana, com começo, meio e fim, como foi a primeira temporada da série. Na minha visão uma boa série precisa ter uma mistura dos dois estilos, realmente Sleepy Hollow combina muito com o segundo formato, sem deixar de ter uma história principal percorrendo toda a temporada, mas sempre em segundo plano. Essa mistura, que funcionou tão bem na primeira temporada, continua funcionando neste segundo ano, como aconteceu no episódio desta semana que foi um dos melhores da série.

Um episódio que saiu de sua fórmula padrão ao tirar Abbie do lado de Crane e colocar em seu lugar Katrina, a personagem continua sem carisma algum, mas pelo menos funcionou bem melhor nesta trama. Crane já teve tempo para se acostumar com essa nova realidade, apesar de não entender o vestuário do século 21, mas Katrina ainda se sente deslocada e com saudades do século 18. Os primeiros minutos do episódio foram bem engraçados, a piada da mão boba de Katrina (arranje um quarto!) foi inteligente e engraçada. O que era para ser um encontro romântico na casa da clássica família Adams acabou virando, como já era previsível, mais um confronto contra as forças do mal, desta vez um serial killer que estava preso dentro de uma pintura! Mais uma vez os roteiristas da série souberam muito bem criar um aterrorizante e criativo vilão da semana e conseguiram interligar muito bem o presente com o passado. Os flashbacks de Katrina foram tanto úteis para a trama no presente como também para ressaltar como ela se sente deslocada neste novo tempo. O flashback ganhou mais impacto com a boa participação de Michelle Trachtenberg como Abigail Adams, o laço de amizade entre ela e Katrina pareceu bastante real.

Já Abbie teve que lidar com o inesperado retorno de Irving que decidiu aparecer bem na delegacia de polícia, seria bem mais esperto procurar Abbie em um lugar mais seguro e onde não acabasse preso!  Agora com mais conhecimento sobre este mundo sobrenatural, Abbie percebeu que o retorno de Irving não é normal e desconfia que algo está errado, curiosamente foi Jenny desta vez que agiu de forma menos consciente e até acredita que Irving possa ter ressuscitado e que nada de ruim irá acontecer por causa disso. Jenny que protagonizou o momento mais engraçado do episódio quando foi atrás das as balas especiais para matar zumbis que estavam dentro de um corpo, claro que a dica tinha que ter vindo de Hayley que esqueceu de contar todos os detalhes e que susto que eu levei quando o homem acordou! O retorno de Irving  deve acabar tendo alguma consequência séria, talvez o próprio não saiba que está sendo usado por alguém, talvez pelo próprio Henry.

Voltando a trama principal, o roteiro trabalhou muito a ideia de um vilão que não estava presente e aparecia apenas através do quadro, a cena dele olhando para Katrina e Crane de dentro da pintura só não foi mais assustadora do que o confronto direto do casal com o serial killer. Crane e Katrina funcionaram muito bem na ação um ajudando ao outro, exatamente por isso não gostei de Abbie aparecer e ser salvadora do dia matando o serial killer/pintura. Mesmo assim o episódio cumpriu seu objetivo maior de unir Crane e Katrina, espero que daqui em diante a relação deles avance e que parem de discutir.

Infelizmente o erro de mudar o estilo da série no início desta segunda temporada deixou uma marca muito forte no público e essa necessária mudança criativa talvez tenha chegado tarde demais. A audiência da série continua caindo e nesta semana bateu um novo recorde negativo, o que é ainda mais alarmante ao lembrar que faltam apenas 4 episódios para o fim da temporada. Os chefões da Fox, que renovaram Gotham sem merecimento algum, deveriam dar mais um voto de confiança para Sleepy Hollow que mostrou essa semana que é ainda capaz de entreter e que merece ser renovada.

quatro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s