Deixe um comentário

Série Nova: Man Seeking Woman – 1×01 – Lizard

manseekingwoman_trollExistem muitas semelhança entre a sitcom estreante Man Seeking Woman e o filme É o Fim, não somente pela presença do ator Jay Baruchel (Aprendiz de Feiticeiro) nas duas produções, mas principalmente pela proposta de não se levar a sério e usar de um humor absurdo.

A trama é baseada no livro The Last Girlfriend in the Word, de Simon Rich (SNL) que também é responsável pelo roteiro da série. Acompanhamos Josh (Baruchel), um jovem bonzinho que fica sem saber o que fazer depois de levar um fora de sua namorada com quem esteve junto por seis anos. A vida de Josh no geral é péssima, sem emprego e dinheiro, tendo que usar o cartão de crédito pago pelos seus pais e ainda tendo que ouvir eles falando de como sua irmã (Britt Lower, de Unforgettable) é bem-sucedida profissionalmente.

Estava bastante ansioso para conferir Man Seeking Woman, seja pela premissa e também por ter Baruchel como protagonista, gosto do estilo de humor do canadense, apesar de concordar que sua voz é um pouco irritante. A primeira piada sobre a chuva e os animais caindo somente em cima de Josh foi um bom começo, mas depois disso o roteiro seguiu por um caminho totalmente oposto ao que esperava, com uma mistura de humor negro, absurdo e paródia, seguindo exatamente os passos de comédias como É o Fim. Man Seeking Woman não se leva a sério em nenhum momento, criando piadas absurdas como a do encontro com a garota troll e depois com a revelação de que a ex de Josh está namorando Adolf Hitler com 126 anos de idade! O que bate na questão sobre o limite do humor, sinceramente não acredito em um limite, desde que a piada seja feita de forma inteligente, o oposto do que aconteceu neste piloto. O roteiro tenta pretensiosamente ser ousado como na piada sobre um judeu em uma festa organizada por Hitler, uma piada que acaba sendo algo de extremo mal gosto e sem graça alguma, apenas dá muito vergonha alheia de pensar que alguém achou que essa piada daria certo.

Essa tendência de não se levar a sério e rir de si mesmo diminui as poucas qualidades da série, como as piadas realmente inteligentes engraçadas sobre o nosso tempo, passando pela as roupas usadas pelos jovens até os aplicativos de namoro. Perde-se também um personagem principal bastante carismático, Baruchel sabe muito bem interpretar o jovem atrapalhado socialmente, e até o lado romântico da história, a cena de Josh conhecendo a garota no trem foi bastante fofa, mas foi desperdiçada em mais uma sequência de piadas ruins.

Man Seeking Woman tenta ser ousada e diferente do padrão de outras sitcoms, mas faz isso apelando para um humor que exagera no absurdo e um humor negro forçado. Os roteiristas da série deveriam assistir Monty Python para aprenderem como se faz humor negro e absurdo com qualidade.

Vai dar certo? Espero que não, o sucesso de Man Seeking Woman seria uma derrota para o humor de qualidade.

Para quem gosta de…: humor negro, humor nonsense, É o Fim.

O TV Cinema e Música vai acompanhar? Não.

dois

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s