Deixe um comentário

Série Nova: Agent Carter – 1×01 e 02 – Now Is Not the End e Bridge and Tunnel

Agent-Carter-6Jan2015-11Uma reclamação constante dos fãs da Marvel era a falta de uma personagem feminina como protagonista em alguns do seus filmes ou séries, já que a Viúva Negra é sim uma importante coadjuvante. A Marvel realizou este desejo de forma ousada com a estreia de Agent Carter, série estrelada pela personagem agente Carter (Haylwey Atwell), o interesse romântico de Capitão América antes de ele ser congelado.

Logo de cara a série faz um flashback da relação de Carter com o Capitão América e logo após mostra a agente já em 1946 ainda lidando com a perda do seu herói. Se não bastasse isso, Carter precisa recomeçar sua vida após a guerra trabalhando em uma agência secreta onde é tratada, por ser mulher, de forma preconceituosa como se fosse não uma agente, mas uma secretária! Seus colegas de agência são o diretor Roger Dooley (Shea Whigham, de Boardwalk Empire) que não tem habilidade alguma para lidar com mulheres, Jack Thompson (Chad Michael Murray, de One Tree Hill), um agente metido a galã e que adora tratar Carter como uma simples secretária e completa a equipe o agente Daniel Sousa (Enver Gjokaj, de Dollhouse), um veterano de guerra que ficou um grave ferimento na perna e que por isso sofre preconceito dos seus colegas e que também por isso é o único a defender Carter na agência. Ainda sobre as pessoas que convivem com Carter, Lyndsy Fonseca (Nikita) vive Angie, uma aspirante a atriz que trabalha como garçonete, a melhor amiga da protagonista ajuda arranjar um local para morar. A ideia de logo no primeiro episódio matar a antiga companheira de quarto de Carter foi bem audaciosa e ressaltou o perigo do seu trabalho para aqueles ao seu redor e o medo da protagonista de se aproximar das pessoas.

A chance de Carter fazer seu trabalho de verdade surge quando seu velho amigo de Guerra, Tony Stark (o ótimo Dominic Cooper), o pai de Tony Stark/Homem de Ferro, é acusado de traição depois que inimigos dos EUA usam armas que foram criadas por Stark. Na verdade Tony Stark foi roubado e pede ajuda de Carter para provar sua inocência e recuperar as armas, principalmente uma fórmula química que nas mãos do inimigo virou uma poderosa arma. Como está sendo procurado Stark foge e deixa seu mordomo Jarvis (o excelente James D’ Arcy) com a missão de ajudar Carter no que ela precisar para cumprir seu objetivo, mas o primeiro episódio deixa no ar que existe um outro motivo secreto para a escolha de Carter. A partir desta simples e competente proposta é que Agent Carter consegue rapidamente conquistar o público, apresentando uma história de espionagem divertida e com muita ação. Carter precisa trabalhar escondida da sua agência e sempre está a um passo a frente dos seus parceiros, tendo que investigar tudo sozinha, apenas com ajuda do atrapalhado e naturalmente engraçado Jarvis. A inusitada proposta de formar uma dupla com Carter e Jarvis funciona muito bem, com uma rápida química, divertidos diálogos e cada um trazendo algo bom para a história, Carter na ação e Jarvis com um humor leve.

Bastante inspirado em filmes de espionagem, principalmente nos filmes de James Bond, a série traz bastante este clima e elementos de uma clássica história de espionagem; Carter usando disfarces (bem bacanas), apetrechos tecnológicos, inimigos propositalmente caricatos como os homens que não conseguem falar e claro um grupo do mal, na história a temida organização comunista Leviatã que aqui entra para ser a HYDRA desta época. Quem é leitor dos quadrinhos da Marvel conhece bem a Leviatã e os caminhos que a história deve seguir, mas claro que a série vai apresentar novidades e elementos próprios nesta importante parte da história. O vilão principal é aqui representado por Hugh Jones (Ray Wise, de Twin Peaks), o dona da poderosa empresa Roxxon e grande rival de Tony Stark.

A recriação dos anos 40 é impecável e detalhada, desde as roupas, os cenários, as gírias da época e a música, a trilha sonora da série é deliciosa. Uma divertida brincadeira que a série faz no segundo episódio é rir das radionovelas, aqui representada com uma exagerada história sobre as aventuras do Capitão América, o que irrita Carter e funciona como um engraçado elemento durante uma cena de batalha. O segundo episódio foi dirigido por Joe Russo (diretor de Capitão América – O Soldado Invernal) e seguiu o estilo do primeiro, mas tendo um tom mais leve e muito engraçado, misturando bem as cenas de ação e humor, algo que a Marvel já provou ser expert em fazer.

Um dos temas principais da série é o preconceito que as mulheres sofriam nesta época e a história mostra Carter como uma daquelas que vai impor seus direitos e o desejo de ser tratada igual aos homens. O roteiro nos dois episódios consegue vender muito bem sua protagonista, uma personagem séria, forte, decidida, mas que tem o seu lado sensível, sensual (aquele vestido!) e um humor muito inteligente tudo isso vira realidade pela atuação de Hayley Atwell que tem total domínio sobre sua personagem.

A Marvel conseguiu novamente! Poucos acreditavam que uma série estrelada por uma personagem coadjuvante e sem a presença de nenhum grande herói ou personagem do presente poderia dar certo, mas a Marvel mais uma vez criou uma história divertida, com bons personagens e que mostrará uma nova visão sobre o Universo Marvel.

Vai dar certo? Torço e muito para o sucesso da série que terá apenas oito episódios em sua primeira temporada, sendo que agora só faltam seis para serem exibidos. Espero que diferente do que acontece com Agents of SHIELD, o público assista a série e dê a ela a chance de ganhar uma segunda temporada.

Para quem gosta de…: Universo Marvel, séries de espionagem e de época, Capitão América.

O TV Cinema e Música vai acompanhar? Sim! Sinceramente não esperava gostar tanto de Agent Carter que surpreendeu começando com dois divertidos episódios e uma história que deve melhorar ainda mais!

quatro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s