Deixe um comentário

The Fosters – Christmas Past (Especial de Natal)

the-fosters-christmas-past-christmas-dinner-table-jpgA ABC Family tem a tradição de exibir episódios especiais de natal de suas séries e não seria diferente com The Fosters. O beijo de Callie em Brandon foi a deixa para ele relembrar do primeiro natal que ela e Jude passaram com os Fosters. Uma celebração que foi como todas as histórias desta família, bem dramática, com leves pitadas de humor e muitos momentos emocionantes.

A tensão sexual entre Callie e Brandon continua, os dois não conseguem ainda conviver como irmãos, foi desconcertante Brandon lembrando dos beijos dele com Callie na casa dela. Este episódio trouxe a época em que Brandon ainda tinha, mais, dificuldades para esconder seus sentimentos por Callie, ainda mais quando o nome de Wyatt é mencionado. Falta maturidade a ambos para perceberem que o melhor para eles e para todos é serem apenas como irmãos, como na bela cena com Callie dando o metrônomo de presente para Brandon e ambos fazendo as promessas de não desistirem de seus sonhos, o que tem ligação com Brandon não ter desistido de tocar e Callie de ser adotada. Todo o drama da não adoção de Callie foi bem chatinho e foi mais uma ligação com os eventos da atual temporada, assim como a parte dela com Daphne, todo o drama da problemática garota ter sequestrado sua filha foi cheio de clichês e a utilidade maior foi explicar como Callie começou a trabalhar na lanchonete.

É incrível como uma pessoa tão jovem e sem vivência como Jude acaba sendo o mais íntegro e maduro dos Fosters. Jude quer apenas paz e ter uma família, mesmo que seja apenas de afeto e não de sangue, foi injusto e contraditório demais Lena criticar seu irmão por eles terem mães diferentes. Amei como Jude deu uma lição de vida ao mostrar para Lena que toda a briga com seu meio-irmão na verdade aconteceu porque ambos estavam com ciúmes um do outro, quando o certo seria deixarem as brigas do passado e lembrar que não é o sangue que faz deles irmãos, mas sim o que sente um pelo outro. Jude quer apenas ver Callie feliz e ajudá-la a superar a crise da adoção, por isso roubou o bracelete, foi ainda mais maduro e corajoso ao voltar na loja e devolver o objeto, até a vendedora percebeu a bondade de Jude ao dar o mega desconto para ele conseguir presentear Callie com o lindo bracelete.

Que drama, com boas doses de humor, foi aquele jantar! Stef perdeu o controle de uma vez depois de ganhar brincos de diamantes de Lena que só queria agradá-la, mas o problema não era este, Lena estava revoltada com sua mãe ter ganhado a enorme herança do seu pai mesmo após o divórcio. Foi engraçado Stef desabafando e falando cama, das calcinhas e tudo mais, e Lena tendo um ataque de choro, afinal o coro natalino tinha que aparecer bem naquela hora! Como castigo, Stef tomou uma dura lição de sua mãe que no fim sua mãe fez o certo usando o dinheiro para dar aos seus netos bolsas de estudos dando as sonhadas bolsas de estudo para seus netos. Stef aprendeu a ser menos injusta com sua mãe e não julgá-la tanto.

O legado deste episódio é perceber que Jesus e Mariana são personagens com potencial, desde que sejam trabalhados da maneira certa. Jesus é do tipo de pessoa que deseja algo não desiste até conseguir, por isso até aceitou ajuda de Mariana para ganhar a competição de melhor decoração natalina da rua. Mariana que não é nada burra o ajudou somente depois de ter garantias e uma parte na grana que Jesus ganharia na competição. Este tema das decorações é bem tradicional nos EUA e foi bem encaixado neste enredo, mas o maior legado é ver aproximação de Jesus com sua Mariana, a cena da cabana foi fofa demais e mostrou que apesar de brigarem muito, os gêmeos se gostam e Mariana valoriza o que Jesus faz por ela. Jesus que teve uma atitude de compaixão ao abandonar a competição, a qual ele tinha grandes chances de ganhar, deixando o senhor ser o campeão mais uma vez, já que o vizinho não tinha família e ganhar este prêmio era uma das poucas felicidades de sua vida.

Um episódio natalino que teve as melhores qualidades desta adorável série e seus cativantes personagens, o que ajuda a perdoar a inusitada escolha de colocar uma história de flashback no meio da temporada. O episódio terminou com um dramático, como sempre, gancho para a segunda parte da temporada de The Fosters que retornar em janeiro.

tres

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s