3 Comentários

Arrow – 3×07 – Draw Back Your Bow

ar307a_401bSete episódios, foi este o tempo preciso para Oliver voltar a ser o protagonista de sua própria série! Esperava há muito tempo um episódio onde Oliver mostrasse seus reais sentimentos e a solidão que é a vida de super-herói.

A cupido foi a melhor vilã até agora desta temporada, amei seu comportamento obsessivo e seu comportamento de assassina, além da flecha com coração que apareceu até na abertura da série! Também gostei da maneira realista que a personagem foi colocada, a origem de sua obsessão por Oliver, ela ter um real problema mental e a explicação de ter tido um treinamento físico para ter suas habilidades. Todos estes elementos fizeram com que a Cupido fosse uma inimiga difícil de ser derrotada, afinal os loucos são sempre os mais complexos violões. Outro acerto foi colocá-lo no time do Esquadrão Suicida, o que deixa aberta as portas para um possível retorno, o que seria bacana para descobrir por qual dos assassinos do grupo de Weller a Cupido irá ficar obcecada!

É sempre perigoso colocar um triângulo amoroso em uma história, ainda mais uma de ação como Arrow, mas os roteiristas souberam trabalhar bem a proposta, tudo ficou lógico e não excessivamente romântico. Oliver ama Felicity e este amor é obviamente correspondido, mas o discurso de Oliver para Cupido, e a Felicity, deixou claro que não podem ficar juntos. Diggle ficou no meio dos dois, sendo a visão do público, e tentando uni-los, já que os dois seriam mais felizes se ficassem juntos. O problema é que Oliver afastou Felicity demais e ela já cansou de esperá-lo, seguindo em frente com Ray Palmer!

“Ai meus Deus eu tenho um tipo!”. Tive que pausar o episódio para rir depois de ver Ray fazendo as flexões iguais a de Oliver e dizer essa frase de Felicity ao dar de cara com essa cena! A química de Felicity e Ray (Brandon Routh muito canastrão) melhorou muito, os dois com seus estilos nerds atrapalhados e realmente formam um casal bem bacana, apesar de achar que Ray está tentando comprá-la com estes vestidos caros e colares milionários. Felicity está impressionada com Ray e como ele parece o homem perfeito, rico, altruísta, romântico e principalmente disposto a ficar com ela, até que demorou para acontecer o primeiro beijo deste novo casal.

O problema é que Ray Palmer não é realmente este homem perfeito que aparenta ser e tem seus segredos. A primeira dica sobre o futuro de Ray foi o novo logo que lembra um átomo, a segunda foi a compra da mina e a última foi a surpreendente cena dele olhando o exosqueleto (uniforme), o que pareceu uma leve cópia dos filmes do Homem de Ferro, mas tudo bem. Um teaser do futuro de Ray e logo será ainda mais provado que Felicity realmente tem um gosto bem exato para escolher seus pretendentes.

Já as outras tramas foram bem fracas; Roy, agora oficialmente chamado de Arsenal, continua com suas lamentações e ainda perdido sobre sua vida e papel na trama. O que achei muito ridículo foi o enredo adolescente do prepotente DJ e novo interesse romântico para Thea, a personagem estava amadurecendo tanto e essa história parece um passo para trás, espero que o DJ no fim revele ser parte de algo maior e mais sério.

O caso da Cupido, a crise de ciúmes com Felicity e o flashback, o melhor da temporada, mas ainda bem chato, passaram pelo tema de Oliver acabar sempre sozinho, Oliver sabe que não precisa ser assim, pode não ter uma companheira, tem bons amigos, com Roy e Diggle. A cena de todos jantando juntos foi bonita e mostrou um Oliver disposto a ter uma vida fora do capuz e se aproximando mais das pessoas. Se eu fosse Oliver pensaria melhor sobre a ideia de ir a uma psiquiatra, não só por causa desta problema, mas também pelo seu comportamento “Robin Hood”, o que foi uma piada perfeita.

O próximo episódio será só daqui 15 dias e será um croosover de Arrow e Flash!

Comentários Extras e dos quadrinhos para TV:

Um fato curioso sobre a Cupido é que a personagem já apareceu nos quadrinhos e foi criada por Andrew Kreisberg, o showrunner de Arrow!

Quando Diggle menciona que o Esquadrão Suicida não conta mais com uma mulher na equipe tudo leva a crer que seja uma menção a Arlequina.

quatro

3 comentários em “Arrow – 3×07 – Draw Back Your Bow

  1. Não preciso nem dizer que comemorei bastante esse episódio, né?! Finalmente tivemos um pouco mais de Oliver nessa temporada! Espero que sigam assim daqui pra frente.

    Qual o seu palpite para o Ray? Vai acabar tornando-se vilão? Estou bem intrigada com a história dele mas gostei de vê-lo com a Felicity. Se ela jamais ficará com Oliver mesmo, é melhor acabarem também com todas as nossas expectativas!

    Ahhhh gostei bastante do DJ! rs

    • É eu pensei em você quando assisti este episódio, finalmente Oliver protagonista! O Ray pela lógica deveria ser um herói diferente do padrão “Arrow”, mas acho que Oliver e Felicity jamais vai acontecer, infelizmente. Sobre o DJ não vou nem comentar rsss

  2. Nos quadrinhos Ray Palmer é o Eléktron. Acho que a série deve seguir esse caminho e não transformá-lo em vilão.
    Sobre Oliver e Felicity eu torço muito mas acho que vão fazer dela uma nova Chloe, como em Smallville. Não vai pegar o protagonista e ainda vai virar melhor amiga e conselheira. Chato.
    Nunca gostei da Laurel. Aliás, tô pra ver uma boa mocinha (única excessão é a Lois, também de Smallville). A Iris West é outra chata de marca maior. Uma pena, pois adoro a Canário dos quadrinhos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s