Deixe um comentário

Gotham – 1×09 – Harvey Dent

gotham-ep109__scn9_13735_hires1Um excelente sonífero! É isso que foi este episódio de Gotham, o mais fraco e chato da instável primeira temporada da série. Três desastrosos e sonolentos enredos que só aumentaram os sérios problemas da série, seja de atuações e principalmente na sua narrativa.

A introdução de Harvey Dent, o futuro Duas-Caras, foi decepcionante, repetindo a velha falha da série de não saber trabalhar a personalidade de seus vilões, sempre perdendo a mão ficando cômico demais. Não gostei desde o começo da contratação de Nicholas D’ Agosto para viver Dent, um ator limitado e que sempre faz atuações caricatas, o que ficou ainda mais evidente com os péssimos diálogos, a clássica cena da moeda ficou medonha nesta versão. A introdução de Dent pecou também pelo ilógico enredo do envolvimento de Lovecraft no assassinato dos Wayne, uma revelação sem nexo algum. A premissa era mostrar como Dent usa as pessoas para fazer seus desejos e seu temperamento explosivo, além de criar uma amizade entre Gordon e Dent, similar a dos quadrinhos entre Bruce e Harvey.

Somente críticas ao enredo de Bruce conhecendo Selina, a Gata, um momento histórico aqui narrado de forma excessivamente infantil e com alguns péssimos diálogos e decepcionantes atuações dos jovens intérpretes dos personagens. A ideia óbvia, e realizada da pior maneira, era criar uma certa atração entre os dois, pelo futuro romance deles como Batman e Mulher-Gato, e mostrar para Bruce a realidade das ruas e perceber que precisará muito mais do que algumas lutas de boxe com seu mordomo para encarar os bandidos de Gotham. Outra ideia deste enredo é que por causa de tudo que aconteceu em suas vidas Bruce e Selina esquecem de agir como crianças normais e juntos lembraram disso, como na boba brincadeira da guerra de comida. Quem parcialmente salvou essa parte foi o mais veterano Sean Pertwee dando mais equilíbrio com sua atuação, cada vez mais aumenta a química dele com Bruce e também gostei das provocações entre ele e Selina.

Quando a parte do Pinguim não funciona é um sinal de que o episódio foi realmente ruim. Um grande furo não explicar como Pinguim chegou na conclusão que Liza estava trabalhando para Fish; a cena dele cheirando Fish foi muito bizarra, mas ainda mais estranho foi como Fish não suspeitou que seu inimigo poderia ter descoberto algo.. Pinguim deu um novo passo em seu plano maior ao tomar o controle sobre Liza e poderá usá-la tanto para derrubar Falcone como Fish.

Não vou perder tempo demais falando do crime da semana com o homem bomba, trama totalmente descartável e era mais do que óbvio que Fish estava envolvida no golpe contra Falcone, se não fosse ela seria o Pinguim. Este enredo foi mais uma deixa para reabertura do Asilo Arkham que deve ser bastante usado na história com seus malucos pacientes.

dois_e_meio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s