1 comentário

American Horror Story: Freak Show – 4×04 – Edward Mordrake: Part 2

american-horror-story-freak-show-episode-403-finn-wittrock

Este episódio poderia ser muito bem um agradável final de temporada, o que é estranho já que a temporada não chegou nem a sua metade. Tentando esquecer essa forte impressão de final, a segunda parte do especial de Halloween é um divisor para a nova fase do enredo. O terror que Edward Mordrake causa é muito mais psicológico, um ser que se alimenta do sofrimento das pessoas e que tira delas os seus pecados mais secretos. As aberrações são duras vítimas do preconceito, o que leva elas a invejarem e odiarem as pessoas normais, os roteiristas conseguiram analisar bem este lado da vida das aberrações ao contar a origem da mulher sem pernas e do homem tatuado.

A ambição destruiu Elsa que foi levada pela sua ignorância delirante ao buscar seu sonho de se tornar uma estrela. Deprimente e assustadora a história de como Elsa teve literalmente suas pernas cortadas, explorando o tema dos clubes de sadomasoquismo e dos polêmicos filmes snuff. Este enredo colocou a velha questão se pessoas que fizeram isso com Elsa não são realmente as aberrações. Elsa realizou o sonho de se tornar uma estrela, mas de um filme nojento onde teve suas pernas cortadas, enquanto estava acordada! Digna de pena ao implorar para Mordrake levá-la e acabar com sua dor, mas ela foi rejeitada até pelo fantasma.

A história de origem Elsa só não foi mais triste do que a do Palhaço! Em quatro episódios o personagem criou uma enorme polêmica e talvez os roteiristas já suspeitavam que isso aconteceria e que por isso sua história seria curta, mas diria que faltou coragem de levar o personagem até o fim e só aumentar o terror. O Palhaço era o único personagem realmente assustador e foi mais marcante de todos os que já passaram em AHS. De um brilhantismo único a história de como o palhaço bobo e extremamente ingênuo virou vítima das invejosas aberrações que ajudaram, com horríveis falsas acusações, a transformá-lo em um monstro, no sentido mais real possível da palavra. Morri de pena do Palhaço que queria apenas fazer as crianças felizes e pela sua ingenuidade e falta de inteligência virou este monstro. A máscara dele era nada assustadora perto da boca dele depois da frustrada tentativa de suicídio.

De uma certa maneira para Mordrake tem o seu lado bom, muitas vezes ajuda as aberrações a se libertarem do fardo que carregam, para o Palhaço a morte foi a maneira de alcançar a paz e também recuperar seu rosto.  A morte do Palhaço deixa dois inusitados legados; Jimmy que odiava as pessoas normais virou um herói ao salvar a criança e os outros sequestrados das mãos do palhaço. Uma trégua momentânea entre as aberrações e as pessoas normais, para a salvação do Freak Show. Paz que deve acabar com a busca de justiça de Jimmy pela morte de Meep e também com o instável Dell. Elsa não aprendeu sua lição, continua egoísta, aumentando ainda  mais a rivalidade dela com Dot e Bett, todas disputando o posto de estrela do circo. Elsa será uma presa fácil para o “caçador de talentos” Richard Spencer.

Apesar de bem óbvia, é promissora a virada de Dandy assumir a máscara do Palhaço, o que lhe deu a coragem que faltava para colocar para fora seus verdadeiros instintos. Dandy será um Palhaço até mais monstruoso do que o original, as aberrações são candidatas a serem suas próximas, além do que o retorno do palhaço pode acabar com a fama de herói de Jimmy.

tres_e_meio

Um comentário em “American Horror Story: Freak Show – 4×04 – Edward Mordrake: Part 2

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s