1 comentário

Série Nova: Marry Me – 1×01 – Pilot

Marry Me - Season PilotDo mesmo criador de Happy Endings, David Capse, estreia a comédia romântica Marry Me que apresentou o melhor piloto de uma série do gênero na temporada 2014/2015.

No lugar de guardar o melhor para o fim, Marry Me começa logo de cara com uma cena hilária para apresentar Jake (Ken Marino, de Childrens Hospital) e Annie (Casey Wilson, de Happy Endings) que namoram há seis anos. Todo o discurso interminável de Annie sobre a sua decepção de Jake não tê-la pedido em casamento após uma romântica viagem, enquanto Jake ficava de joelhos com aliança na mão esperando ela terminar de falar para fazer o pedido, foi simplesmente de chorar de rir. Annie é aquela que pode fazer com que o público seja conquistado rapidamente por essa história; filha de um casal gay Annie é atrapalhada demais, péssima no yoga, tem uma capacidade única de fazer tudo virar um grande drama e de estragar situações perfeitas. Jake assim como Annie tem o defeito de falar demais, sem controle em sua língua, o que leva a falar um monte de besteiras e que precisa ter paciência com a sua incontrolável e meio louquinha noiva.

A fofa e engraçada Casey Wilson rouba a cena no episódio piloto, hilária tanto em cenas solos como ao lado dos outros personagens, misturando diferentes tipos de humor, até o físico como na cena que bate a cara na parede. O jeito atrapalhado e fofo de sua personagem ajuda a criar um rápido apego pela personagem, mas ela terá trabalho para levar a série sozinha, já que a minha decepção ficou com Ken Marino e todos os personagens secundários. Nunca fui fã do trabalho de Marino, sempre instável e funcionando muito mais como uma escada para Casey Wilson. Seu personagem Jake tem potencial para melhorar, apesar da atuação de Marino, as trocas de palavras foram engraçadas tanto quanto sua mania de não conseguir parar de falar. Os personagens secundários tiveram pouco espaço, mas mostraram ser bem caricatos; a mãe dramática (JoBeth Williams, de Hart of Dixie) e maluca de Jake; os pais (Tim Meados, de Saturday Night Live, e Dan Bucatinsky, de Scandal ) exageradamente gays de Annie; o amigo gordinho (John Gemberling, de Super Fun Night) de Jake e a patricinha (Sarah Wright, de Parks and Recreations) melhor amiga de Annie.

Os flashbacks foram muito bem utilizados para contar o início do romance; Marry Me estreia com um piloto bastante competente e que teve muitas cenas engraçadas bem equilbradas com o tom romântico da série. Se conseguir não ficar presa a sua ótima protagonista, que pode com o tempo se tornar cansativa, pode se consolidar como uma das melhores estreias desta Fall Season.

Vai dar certo? Provavelmente, Marry Me estreou com uma boa audiência e é empatada com Black-ish a melhor estreia do gênero de série de comedia nesta temporada.

Para quem gosta de…: Happy Endings, humor físico, séries românticas.

O TV Cinema e Música vai acompanhar? Inicialmente sim, vou assistir o segundo episódio esperando que seja tão bom como o piloto e se for irei escrever sobre a série aqui no TC&M, mas se não for prefiro ocupar este espaço com outra séries novatas.

quatro

Anúncios

Um comentário em “Série Nova: Marry Me – 1×01 – Pilot

  1. […] canal NBC encomendou mais cinco episódios para a série estreante Marry Me, desta maneira sitcom romântica tem a garantia de uma primeira temporada de 18 episódios. Como o […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s