Deixe um comentário

Masters of Sex – 2×12 – The Revolution Will Not Be Televised (Season Finale)

masters-of-sex-season-2-finale-imageBill deseja ser ovacionado como um presidente pelo que está fazendo em seu estudo e sua ganância o fez tomar diversas atitudes que geralmente não teria, como trair Gini.

Para uma mulher tão revolucionária Gini é capaz de contar as piores mentiras para fugir da realidade, como a sua incapacidade de se dividir entre a sua vida familiar e o trabalho ou melhor Bill. George apenas mostrou os fatos e a colocou em uma situação onde teria que desistir de tudo que fez até hoje pelo estudo e Bill ou ficar com suas crianças. Gini sabia que não seria um mero programa de televisão que convenceria um juiz a deixá-la ficar com suas filhas, isso foi uma desculpa para fugir da verdade que prefere o estudo e Bill do que ficar com seus filhos, talvez Gini não tenha nascido para ser uma mãe comum.

O retorno de Burton foi duplamente impactante seja por ter ajudado Bill na guerra contra o seu rival e ao mostrar para seu velho amigo que sua timidez desaparece quando tem a oportunidade de realizar seu sonho. Uma reviravolta interessante o Ethan ser o aliado do rival de Bill, um castigo tanto para Bill como para Gini que menosprezaram o jovem doutor. Bom ver aquele duro e ousado Bill de volta, enganando seu rival para depois derrotá-lo no futuro ao levar seu estudo para a próxima fase, colocando tudo que aprendeu durante estes anos na prática! Nada melhor do que ter o bizarro e por isso fofo casal Lester e Barbara como cobaias desta nova fase, porque se Bill e Gini conseguirem concertar este casal é um sinal de que tem a cura para quase todos os problemas sexuais.

Dois personagens na reta final da temporada finalmente apareceram de verdade na série, Libby e Austin. Por anos Libby acreditou que sua vida estaria completa tendo filhos e um casamento feliz, mas cansou de fugir da realidade que seu querido Bill não a ama porque tem um caso com Gini. Encontrou aquilo que faltava para sua vida ficar melhor nos braços de Robert, nem que seja um mero prazer físico e uma maneira de se vingar de Bill. Adorei a virada na história de Austin que até então era o galã capaz de seduzir as mais belas mulheres até conhecer Flo que o fez encarar que não passa de um belo rosto, sem conteúdo, o clássico loiro burro. A recusa de Flo de apresentá-lo a sua intelectual e poderosa família foi quase uma vingança para todos as mulheres que Austin tratou como um objeto sexual, igual a Flo está fazendo com ele.

quatro

Sobre a Temporada:

Uma premissa com enorme potencial, uma recriação de época impecável e um elenco, principalmente sua dupla principal, magnífico. Masters of Sex tem tudo isso em mãos e mesmo assim não apresentou uma história que fosse a altura destes elementos; convivendo com muitos altos e baixos ao longo de sua segunda temporada. O começo foi bom e a qualidade foi caindo até acontecer a ousada passagem de tempo, foi desta parte em diante que a trama começou a amadurecer e a melhorar bastante.

Uma qualidade da primeira temporada foi a boa divisão entre o amor de Bill e Gini e o estudo, quando as duas coisas se misturaram um lado acabou sendo prejudicado, com o estudo ficando em segundo plano. Outra qualidade que fez falta nesta temporada foram boas tramas para os personagens secundários; Abby, Libby, Austin e o casal Lester e Barbara tiveram bons momentos, mas pouco e sendo apagados pela trama principal. A trama sobre Barton começou de forma chocante e depois de desapareceu, um enredo forte que fez muita falta nesta temporada.

Para definir essa crítica a temporada pego o melhor episódio da temporada “Fight” (2×03), onde a trama colocou Bill e Gini isolados em um quarto de hotel discutindo a relação deles. Este episódio não deveria ser o melhor e sim um exemplo de como Masters of Sex pode ir muito além do que foi nesta temporada. Este alto nível se viu bastante neste último episódio onde a trama conseguiu explorar bem toda a complexidade de seus personagens, destacando suas falhas de caráter. O último capítulo deixa a aberta a possibilidade de que a série vai voltar as suas raízes, tendo uma divisão melhor entre o enredo do amor de Bill e Gini e o estudo, agora voltando a ser um tema vital da trama.

quatro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s