Deixe um comentário

Ray Donovan – 2×12 – The Captain (Season Finale/Análise da Temporada)

ray-donovan-liev-schreiberRay foi inocente de achar que Kate terminaria viva depois de descobrir a verdade, mas não deixou essa morte passar em vão e cumpriu a sua promessa; destruiu a carreira de Cochrain e o reinado de Ezra, mas deveria poupar Avi que só queria ajudar seu querido chefe. O enredo de Cochrain foi a maior decepção desta temporada, esperava muito desta parte e acabou sendo uma história bastante comum, mas não custa sonhar com um retorno dele em busca de vingança contra Ray.

Ray colocou também pontos finais na história de Ashley e Cookie. Depois de tanto apanhar de Steve e vê-lo matar o maluco do Bob, Ashley precisa tomar vergonha e parar de se envolver com homens violentos. Para que sua família viva em paz, Ray precisava matar Cookie que descobriu sozinho sobre o vídeo, a genialidade foi a maneira que Ray o matou, sabendo provocar a ganância dos homens de Cookie. Ray vingou a morte de Kate e cumpriu sua promessa de justiça tanto contra Ezra, Cochrain e Cookie, além de ter protegido sua família, mesmo assim o olhar sombrio e de tristeza de Ray foi de alguém que sabe que seus atos vão causar uma reação e que está longe de ter a sua sonhada paz.

A prova de que a vida é injusta é Mickey terminar com um milhão de dólares! Tudo porque teve uma nova alucinação com Linda, o papai Donovan está ficando doidinho! Mesmo ganhando essa grana, essa temporada ficou marcada pela derrocada de Mickey que com seu comportamento escroto conseguiu irritar todos aqueles ao seu redor a ponto de acabar sendo abandonado pelos seus filhos e pela mulher que ama, ironicamente Mickey volta para aonde tudo começou no México, lá pode viver uma falsa vida feliz.

Abby passou parte da temporada tentando chamar atenção de Ray e depois tentando fugir dele, acreditando que poderia ser mais feliz nos braços de Joe. O detetive tentou mostrar para ela que poderia a sua maneira cuidar de sua família, no fim Abby voltou para os braços de Ray ao perceber que é o único que pode protegê-la e sua família de verdade, essa sensação de segurança após Ray matar Cookie é o conforto que Abby precisava para continuar neste casamento.

Uma jornada interessante nesta temporada foi a de Bunchy que pode ter ficado sozinho, mas a experiência com Patty e Clifford o ajudou a aprender a lidar melhor com o abuso; ainda acho que a questão da sexualidade dele precisa ser melhor trabalhada e um sinal de que isso pode acontecer é a continuação de sua amizade com Stan. Já o outro Donovan, Terry parece ter desistido do seu ilusório sonho de fugir com Frances, o trocando por um período na prisão, talvez Terry tenha percebido que tudo não passou de uma fantasia e que seu lugar é na academia e com sua família.

tres_e_meio

Sobre a temporada:

A segunda temporada de Ray Donovan pareceu mais uma conclusão da série do que realmente uma sequência para a já confirmada terceira temporada. No geral o ano teve bons enredos, não todos bem desenvolvidos como o citado de Cochrain, e novamente marcantes atuações, mesmo não tendo o mesmo frescor do primeiro ano da série conseguiu manter o mesmo nível de qualidade. É possível que a ideia dos roteiristas para este ano fosse de concluir as principais trama e assim recomeçar do zero e com um novo frescor a terceira temporada.

Nota da Temporada:

tres

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s