Deixe um comentário

Série Nova: Gotham – 1×01 – Pilot

Cr: Jessica Miglio/FOXDesde que foi anunciada Gotham virou a série mais aguardada da Fall Season e após assistir o piloto fica a certeza que a produção tem tudo para ser um sucesso instantâneo!

Gotham pega a história de origem de Bruce Wayne, o futuro Batman, seus aliados e inimigos para criar uma típica trama policial, sabendo que seu diferencial é ter estes icônicos personagens como protagonistas. A série tem um estilo noir misturado ao tom realista e sombrio da trilogia O Cavaleiro das Trevas do diretor Christopher Nolan e uma pitada de humor e personagens caricatos semelhante a série do Batman dos anos 60. Estes elementos reunidos funcionaram muito bem no piloto aliado a um elenco onde todos os atores parecem ter nascido para viver estes personagens.

A cena inicial com a sorrateira Serina Kyle (Camren Bicondova), a futura Mulher-Gato, revela toda a beleza da sombria Gotham, uma cidade dominada pela violência e corrupção. É neste local que começa a trabalhar o herói de guerra Jim Gordon (Ben McKenzie, de O.C.), um jovem que ainda acredita na justiça e na lei, não aceitando entrar neste sujo sistema da cidade. Sistema que seu parceiro o veterano policial Bullock (Donal Logue, de Sons of Anarchy) conhece e aceita bem, o que leva a ter um choque com seu imposto colega de trabalho.

O clima noir fica nas escolhas de cores e trama policial bem clássica de um homem da lei lutando contra um sistema corrupto; o tom realista vindo dos filmes de Nolan, e maior qualidade da série, é apresentar os vilões dos quadrinhos de uma maneira que o público fora dos fãs dos quadrinhos do Batman aceite e acredite na história deles, mas claro sem irritar os fãs do Homem-Morcego com excessivas mudanças. Personagens que não deixam de ter o seu tom propositalmente caricato algo vindo dos quadrinhos e da série dos anos 60 que também é fonte de inspiração para o humor da série. A cena de Gordon e Bullock presos e prestes a serem assassinados lembrou bastante a fórmula de ação da série dos anos 60, com os heróis presos e ajuda surgindo no último segundo, desta vez com uma solução muito mais violenta e atual.

A proposta de contar de forma realista a origem dos icônicos vilões funcionou muito bem e provada através de Oswald Cobblepot, o Pinguim, interpretado magnificamente por Robin Lord Taylor; a origem do nome é rapidamente explicada pelo próprio físico do personagem que promete roubar a cena nesta primeira temporada. O piloto teve outros clássicos e ainda jovens vilões sendo apresentados; Edgward Nygma (sarcástico Cory Michael Smith), um lunático viciado em Charadas; a pequena Ivy Pepper (Clare Foley), apaixonada por plantas e que perdeu o seu violento pai vítima do golpe da polícia. Menções honrosas para Jada Pinkett-Smith (Matrix) como a temida Fish Money, uma vilã forte, mas que não perde sua feminilidade, além de John Doman (Person of Interest) no papel de Carmine Falcone, o mafioso e verdadeiro dono de Gotham.

É claro que os roteiristas não vão deixar de presentear os fãs dos quadrinhos do Homem-Morcego com momentos marcantes; impossível não se arrepiar com a cena da morte dos pais de Bruce Wayne, talvez a melhor criação deste clássico momento das HQ’s já vista no cinema ou na televisão. Outro momento foi a primeira conversa de Jim Gordon e o pequeno Bruce Wayne, o início de uma longa amizade. Essa dupla surpreendeu positivamente no piloto; McKenzie está perfeito como Jim Gordon, um homem que luta pela justiça e que esconde um lado sombrio; um policial que vai tentar sozinho destruir o sistema  corrupto e aceito por todos; em busca dos verdadeiros assassinos dos pais de Bruce Wayne. O único porém deste enredo foi a ideia do passado lésbico da atual namorada de Gordon, Barbara Kean (Erin Richards); ideia usada muito mais para ligar a personagem ao enredo principal e também com a Unidade de Crimes Especiais, que promete dar muito trabalho para Jim Gordon.

Depois de uma marcante participação em Touch, o pequeno David Mazouz tem tudo para marcar história como o jovem Bruce Wayne, o acerto da escolha do intérprete foi tão boa como a maneira que Wayne foi mostrado na série, o colocando aos poucos em cena. Bruce Wayne será inicialmente o coadjuvante de sua própria história, enquanto acompanhamos os problemas policiais de Gotham paralelamente ao crescimento deste garoto que um dia será um dos maiores heróis da história dos quadrinhos.

Vai dar certo? Já deu! Gotham tem tudo para ser a série novata de maior sucesso desta temporada e ter uma vida longa na televisão.

Para quem gosta de…: Batman passando pelos quadrinhos, a série dos anos 60 até a trilogia o Cavaleiro das Trevas, séries policiais.

O TV Cinema e Música vai acompanhar? É claro!

cinco

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s