Deixe um comentário

Série Nova: Z Nation – 1×01 – Puppies and Kittens

Z Nation -  PosterDemorou mais do que o esperado para que outro canal tentasse ir na cola do sucesso de The Walking Dead e lançasse a sua série de zumbi. O SyFy faz uma ousada tentativa de fazer a sua série sobre os mortos-vivos com Z Nation, uma produção que tenta ser um Walking Dead, mas está muito mais para ser um novo Sharknado.

A trama é a mesma de sempre, o vírus zumbi surgiu e rapidamente começou a se espalhar, alguns anos depois os poucos humanos restantes tentam sobreviver. O Tenente Mark Hammond (Harold Perrineau, de Lost) tem como missão proteger Murphy (Keith Allan, de Rise of Zombies), um humano que conseguiu sobreviver a várias mordidas dos zumbis e não virou uma das criaturas. O militar precisa levar Murphy para Califórnia para que o seu sangue seja usado na criação de de uma vacina, o final do episódio deixa no ar se Murphy é realmente a solução para o vírus mortal.

Durante sua jornada Hammond e Murphy encontram uma comunidade, que é logo destruída, e os sobreviventes do local acabam formando um grupo que assume a missão de levar Murphy até a Califórnia. Seguindo a velha escola de história de zumbis um grupo de sobreviventes é criado, mas desta vez por personagens bizarros; o instável Charles Garnett (o péssimo ator Tom Everrett Scott, The Wonder Years – O Sonho Não Acabou), a tradicional mulher durona Roberta Warren (Kellita Smith, de The Bernie Mac Show), os jovens (para agradar o público adolescente) Addy (Anastasia Baranova, de Veronica Mars) e o galã Mack (Michael Welch, de A Saga Crepúsculo) e o tiozão Doc (Russel Hodgkinson, de Grim e Leverage). Durante a jornada se juntam ao grupo também a misteriosa Cassandra (Pisay Pao, de The Whole Truth), uma espécie de cópia da China da Michonne de TWD e o calado e excelente atirador 10K (estreante Nat Zzang). Nenhum dos membros do grupo supera a bizarrice do Cidadão Z (DJ Quall, de Supernatural), um militar que fazia a comunicação com os soldados em campo e que ao longo do episódio vira uma espécie de líder da revolta contra os zumbis; um personagem desconexo, sem utilidade e sem graça alguma.

Fazer qualquer comparação mais profunda entre Z Nation e The Walking Dead seria um desrespeito a série do canal AMC/Fox (no Brasil). Z Nation é uma típica produção do SyFy, com efeitos especiais precários, roteiro fraco com inúmeros clichês e muitas frases de efeito e um elenco limitadíssimo. Precisa ter muita paciência e boa vontade para levar Z Nation a sério, uma produção que de tão tosca, a melhor palavra para defini-la, se torna cômica.

Este tom tosco e cômico aparece reunido naquela que deveria ser a principal cena do piloto, na qual um bebê vira um zumbi e mata o até então protagonista Hammond. Uma cena com efeitos especiais toscos, mal montada, frases e atuações ridículas e para completar termina com o grupo de sobreviventes atirando simultaneamente no bebê zumbi, impossível não rir!

Vai dar certo? Tudo é possível, o SyFy tem uma ideologia diferente dos outros canais americanos, com produções menores e com um público fiel que aceita suas fracas séries, por isso pode até dar uma chance para Z Nation ganhar um segundo ano.

Para quem gosta de…: histórias de zumbi, Sharknado, The Walking Dead.

O TV Cinema e Música vai acompanhar? Não,The Walking Dead continua a ser a única série sobre zumbis que vale a pena acompanhar.

dois

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s