Deixe um comentário

Série Nova: Legends – 1×01 – Chemistry

seanA nova série do TNT Legends adapta para a televisão o livro de Robert Littell, uma história de espionagem com muitas, até demais, semelhanças com a franquia cinematográfica Bourne.

A trama acompanha o agente da CIA Martin (Sean Bean, o Ned Stark de Game of Thrones), especialista em criar disfarce, os quais usa em suas missões. Martin tem um talento raro de criar sozinho falsas identidades com perfis completos e detalhados; uma capacidade única de entrar no disfarce e enganar qualquer pessoa, tão grande que o próprio em alguns momentos fica perdido entre a sua real identidade e o seu disfarce.

O piloto ficou dividido entre o básico de apresentar os personagens e dois enredos principais. No primeiro a atual missão de Martin trabalhando disfarçado como o pacato e violento Lincoln que entra para um grupo terrorista local chamado Exército dos Cidadãos, liderados pelo misterioso Pai Fundador. Depois de seis meses na missão para conquistar confiança dos líderes do grupo terrorista, a operação é quase destruída, porém no final Martin consegue salvar o dia e prender o vilão. O segundo enredo começa quando Martin percebe que está sendo seguido por um mendigo, que depois prova ser um expert em artes-marciais. O mendigo revela que tudo que Martin acredita é uma mentira e que essa não é a sua verdadeira identidade. Martin começa a investigar a história e depois de ver que o nerd que o ajudou a descobrir a verdade e o tal mendigo foram mortos, começa acreditar que sua vida possa realmente ser uma grande mentira.

Lá vamos nos para mais uma série de espionagem, gênero que nos últimos anos está apresentando muitas séries novas e quase todas fracassaram, Legends tem tudo para seguir este mesmo caminho, seja pela sua pífia e cheia clichês trama e pela sua exagerada similaridades com a franquia Bourne. Novamente temos um agente que trabalha para o governo e que descobre que está sendo usado pelo mesmo, provavelmente vítima de um programa que o fez esquecer sua identidade verdadeira e o tornou este agente com uma habilidade única para criar disfarces. As similaridades com a franquia Bourne não ficam apenas na narrativa, mas até em alguns personagens e na parte técnica com cenas de ação que remetem aos filmes.

Uma grande curiosidade envolvendo Legends é que originalmente o ator Brendan Fraser (franquia A Múmia) iria estrelar a série, a qual abandonou por diferenças criativas, o que pode ser entendido como Fraser ter percebido que a série não daria certo. Apesar de ser um ator razoável, Sean Bean não é um astro conhecido como Fraser, ficou mais conhecido depois de sua participação em Game of Thrones e por virar piada na internet porque sempre morrer nos filmes e séries que participa. Bean não é o culpado maior pelo desastroso episódio piloto, se sai bem ao conseguir fazer uma competente atuação e mostrar bem as diferenças entre o seu personagem Martin e o seu disfarce Lincoln. Martin é um personagem que precisava ter sido melhor explorado, o seu arco familiar apesar de estereotipado foi colocado de uma maneira supérflua e rápida demais para criar alguma ligação com o público. O piloto deixa uma imagem de Martin de uma exagerada prepotência e falta de humanidade, o que diminui o seu carisma e consequentemente o drama de saber que o personagem está sendo vítima de uma conspiração.

O elenco secundário também poderia ter sido melhor escolhido; Ali Larter (Resident Evil) novamente faz o papel da mulher durona e sexy, a cena dela como stripper praticamente confirma o motivo da sua escolha,  para colocar mais um clichê a sua personagem, agente Crystal, tinha que ter uma atração e um obviamente futuro caso com Martin. A repetição de papel prossegue com a simpática Tina Majorino (Veronica Mars) infelizmente interpretando mais uma vez uma nerd engraçada e atrapalhada.

Legends poderia se inspirar na franquia Bourne e outras produções do gênero espionagem desde que não fosse apenas uma cópia e tivesse o mínimo de coragem de tentar pelo menos fazer algo um pouco diferente.

Vai dar certo? Não apostaria, mas é preciso esperar os índices de audiência e como o canal TNT vai avaliar o futuro da série.

Para quem gosta de…:  séries de espionagem, Identidade Bourne.

O TV Cinema e Música vai acompanhar? Não, prefiro assistir as reprises de Identidade Bourne.

dois

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s