Deixe um comentário

Série Nova: The Strain – 1×01- Night Zero

the-strain-airplane-imageHistórias sobre vampiros sempre atraíram a atenção do público, porém as criaturas da noite nos últimos anos sofreram com questionáveis obras como A Saga Crepúsculo, mas a redenção dos chupadores de sangue pode surgir na estreante série de terror The Strain. A série adapta a trilogia literária “Trilogia da Escuridão”, escrita a quatro mãos pelo cineasta Guillermo Del Toro e Chuck Hugan, dupla que também está envolvida na adaptação ao lado do experiente e prestigiado Carlton Cuse (Lost); o próprio Del Toro traz seu conhecido e único estilo para a série a qual dirige o ótimo episódio piloto. De antemão já aviso que li a trilogia literária, a qual sou bastante fã, e por isso conheço o caminho que essa assustadora e atraente história irá seguir daqui em diante.

O episódio piloto bastante certinho apresentou poucas diferenças com a história original e foi uma adaptação dos primeiros capítulos de Noturno, primeiro livro da trilogia; a principal diferença é que alguns elementos do futuro da história já são apresentados para adiantá-la e também atiçar a curiosidade do público. A história começa em um avião vindo de Berlim que chega em Nova York com 210 passageiros, mas depois de pousar simplesmente é desligado e aparentemente todos os passageiros morreram de forma inexplicável. Cabe aos responsáveis pelo controle de doença dos EUA investigar o que aconteceu no avião; o líder do grupo é o Doutor Ephraim “Eph” Goodweahter (Corey Stoll, de House of Cards)q que conta com a ajuda da Dra. Nora Martinez (Mia Maestro, de Frida) e o assistente Jim Kent (Sean Austin, de O Senhor dos Anéis).

O acerto do episódio piloto foi ficar centrado no seu tema principal, que são os vampiros, e ao longo do episódio ir apresentando detalhes sobre os personagens principais. Eph é um viciado no seu trabalho, o que acabou com seu casamento, algo que ele reluta a aceitar, apesar de sua ex-esposa já ter encontrado outra pessoa; porém Eph não quer perder sua família e muito menos ficar afastado de seu filho; ao longo do episódio já ficou claro também o clima romântico que existe entre Eph e sua parceria de trabalho Nora. Eph não tem características de um homem destinado a ser um herói, pelo contrário, é um típico nerd viciado em seu trabalho, com problemas de convivência social e que tem o leite como bebida preferida, tudo isso o transforma em uma pessoa comum e por isso de fácil ligação.

Outros importantes personagens são apresentados como o misterioso Abraham Setrakian (David Bradley, de a franquia Harry Potter), um senhor de idade que aparentemente sabe o que aconteceu no avião e com os passageiros e tem em sua loja de penhores um coração com as criaturas encontradas nas vítimas; Abraham tenta sem sucesso avisar Eph do que está prestes a acontecer, mas o doutor o ignora como se fosse apenas um velho gaga. Quem se preocupa com a intromissão de Abraham é Thomas Elchorst (Richard Sammel, de Bastardos Inglórios), aparentemente uma pessoa infectada com o “vírus” do avião e que está envolvido com a misteriosa carga ou melhor caixão que estava na aeronave; o responsável por arquitetar todo o plano para o tal caixão chegar aos EUA sem ninguém perceber é o também misterioso empresário Eldritch Palmer (Jonathan Hyde, de Titanic) que com seu dinheiro compra as pessoas para ajudá-lo, como o próprio assistente de Eph, Jim Kent.

Controlando os meus dedos para não contar spoilers, o episódio piloto revela que a ameaça é bem real e irá trazer um apocalipse que vai começar na cidade de Nova York; uma grande surpresa do piloto foi logo mostrar a criatura principal que ficou com um visual impecável e bastante assustador; a cena da criatura matando o homem que trabalhava no aeroporto foi nojenta e sensacional ao mesmo tempo. A criatura agora está solta e entrando em Nova York para continuar com seu plano, mas ameaça maior não está nele e sim nas 210 pessoas que estavam dentro daquele avião que não estão mortas! O roteiro não tem medo de adiantar a trama e mostrar que os passageiros mortos ressuscitaram e estão com muita fome, coitado do legista. Muito mais que isso o tema principal do piloto foi o amor, algo que será essencial para o restante da trama e que fica mais ou menos explicado no fim do piloto, com a menina contaminada indo atrás de seu pai. A questão do amor ganha uma nova visão ao perceber que as pessoas contaminadas estão voltando para a companhia de seus entes queridos, o que é assustador ao pensarem que as mesmas são portadores de um vírus que pode desta maneira se espalhar rapidamente.

Del Toro é um diretor de altíssimo nível e que não precisa usar clichês do gênero para contar sua história, sabe como criar o medo sem precisar de artifícios comuns e até uma cena clássica de uma mão se mexendo do meio do nada fica mais assustadora pelo clima que o diretor cria na cena desde a fotografia, luzes e também os diálogos. O elenco é formado por atores de diferentes gerações e todos ótimos em seus papéis, destaque para Corey Stoll que finalmente receberá a chance de um papel principal em sua carreira.

O episódio piloto fez uma belíssima apresentação da história que está apenas começando a ser contada em The Strain e deixa a impressão de que está por vir algo novo e diferente que pretende trazer tanto os vampiros como o gênero terror de volta aos seus bons tempos.

Vai dar certo? Provavelmente, o FX dificilmente irá cancelar The Strain com apenas uma temporada, seja pelo dinheiro gasto na produção e acredito que os chefões do canal entendem que é uma série que precisa de tempo para alcançar seu público.

Para quem gosta de…:  séries de terror, vampiros e Guillermo Del Toro.

O TV Cinema e Música vai acompanhar? Sim, não somente pelo episódio piloto, mas por conhecer o que vai acontecer na história e acreditar no seu potencial.

quatro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s