Deixe um comentário

Série Nova: Extant – 1×01 – Re-Entry

extantCom uma respeitada e longa experiência no gênero da ficção científica o cineasta Steven Spielberg traz para a telinha mais uma produção do gênero, Extant, a maior aposta da CBS para essa Summer Season.

A ganhadora do Oscar Halley Berry que no início de sua carreira fez alguns trabalhos na televisão retorna ao universo da séries como Molly, uma astronauta que volta à Terra depois de uma missão de 13 meses. Depois de tanto tempo afastada Molly sofre para se reconectar com seu marido Jason (Goran Visnjic, de E.R.) e seu filho androide Ethan (Pierce Gagnon, de One Tree Hill); o relacionamento de Molly e John parece feliz, mas convive com a sombra de Marcus (Sergio Harford, de Whitou a a Trace), ex-namorado dela e amigo de John que morreu há um bom tempo, um triste evento que acabou os aproximando. Outro ponto de discussão entre o casal é o pequeno Ethan, um androide criado por John porque o casal não conseguir ter um filho, não pelo menos juntos.

Tentar voltar a vida normal acaba sendo o menor problema da vida de Molly que descobre que está grávida! Uma gravidez impossível de acontecer já que no 13 meses que Molly passou no espaço ficou sozinha o tempo todo. Este é o enredo principal de Extant, um clássico mistério de ficção científica que será desenvolvido ao longo da temporada; a possível explicação está em um fato que aconteceu na missão de Molly no espaço, quando presenciou uma estranha explosão solar que durou por 13 horas e na qual durante ela teve uma ilusão bastante realista com Marcus; fato que Molly esconde de seus chefes apagando as gravações da sua ilusão.

Neste ponto entra a segunda parte do mistério, o chefe de Molly, o diretor Alan Sparks (Michael O’ Neil, de Bates Motel) não fica tão surpreso com o fato da explosão solar e aparentemente algo parecido aconteceu antes com um outro astronauta chamado Hunter que todos acreditam estar morto; o que prova ser mentira no final do episódio. No meio destes mistérios surge o enigmático Hideki Yasumoto (Hiroyuki Sanada, de Helix), que fez uma entrada bizarra na história, um poderoso empresário que tem um forte interesse em saber o que aconteceu com Molly durante as 13 horas da explosão solar.

Este grande mistério surge com inúmeras possibilidades para ser explicado; Marcus não pareceu realmente humano, o que pode ser um sinal de que Molly teve um contato com um alienígena; algo esperado para uma obra de Spielberg. Outra teoria, a qual acredito mais, seria que Yasumoto e Sparks colocaram Molly nesta missão propositalmente já imaginando que algo aconteceria e buscando respostas para o que aconteceu com Harmon. Essa teoria ganha força com a revelação de que o próprio Harmon está vivo e fugindo de Yasumoto e Sparks, criando assim uma teoria conspiratória sobre o verdadeiro objetivo da missão de Molly.

O mistério da gravidez de Molly leva a segunda e envolvente trama envolvendo seu marido John e Ethan. Pelo seu interesse em saber o que aconteceu com Molly, Yasumoto aceita financiar através de sua companhia a polêmica experiência de John. Nela John quer provar que uma máquina não precisa ter uma inteligência artificial e sim pode ter um comportamento humano através da companhia e aprendizado com outras pessoas, este é no fundo o real motivo de ter criado Ethan, o qual trata como seu filho e criação científica.

A relação de John e Ethan é mais do que de pai e filho, e sim criador e criatura, um relacionamento que o faz não perceber os defeitos de sua obra porque quer defender seu ideal a qualquer custo. Deixando o comum e clichê papo sobre o ser humano ter alma ou não, o próprio Ethan não acredita ser uma pessoa real; seu comportamento ao longo do episódio foi de uma máquina tentando ser humano, desde o ataque a outra criança que como um humano perdoou o androide rapidamente, e também a bizarra cena em que Ethan treina feições humanas em frente ao espelho.

No meu caso este segundo enredo parece mais atraente pela maneira que foi trabalhado e também não de deixar de ser importante ter também uma trama secundária forte como esta para não ficar totalmente centrada no mistério envolvendo Molly. A questão de um pai que é também um cientista cabeça dura que acredita na ciência e não na religião é bem complexa e pode ser bem discutida no enredo.

 Ethan parece um personagem denso e que pode ser a ligação entre as duas tramas, já que o roteiro brinca com a possibilidade de que o menino foi o único que percebeu que existe algo de estranho com Molly. O enredo de Ethan se expande também a Molly seja pela sua dificuldade em aceitar a máquina criada por seu marido como filho, além da relação ruim entre os dois, já que Ethan e Molly parecem temer um ao outro, prevejo que Ethan descubra logo da gravidez de Molly.

É quase impossível encontrar na televisão, principalmente em séries mais comerciais, produções que sejam completamente perfeitas; Extant não foge desta regra e mostra algumas falhas. O mistério envolvendo Molly não é absolutamente nada inovador, a maneira que foi apresentado teve também alguns clichês do gênero; o empresário misterioso e claro oriental; uma teoria da conspiração, além da própria Halle Berry que continua pecando pelas suas exageradas expressões

Apesar destas falhas comuns do gênero Extant fez uma história competente, chamando atenção para seus bons efeitos e mais importante trouxe uma história que trabalha com duas premissas promissoras e que se bem desenvolvidas tem tudo para fazer com que a série seja um ótimo entretenimento

Vai dar certo? Talvez, a audiência do episódio piloto foi mediana para o esperado. Extant precisará ainda de tempo para consolidar-se e provar toda expectativa envolta desta produção.

Para quem gosta de…:  ficção científica, histórias de mistério, alienígenas e etc.

O TV Cinema e Música vai acompanhar? Inicialmente sim, apesar do episódio piloto ter sido regular demais, vou dar mais uma chance para ver o que acontecerá daqui em diante.

tres

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s