Deixe um comentário

Bates Motel – 1×07 – Presumed Innocent

bates-motel_0A pior mentira é mentir para si mesmo, Norma e Norman Bates deveriam tatuar essa frase diante da vida em negação que vivem sobre o que acontece dentro daquela assustadora casa.

Cada vez que repetia para alguém que aconteceu com o pai de Cody foi um acidente parecia que Norma queria fugir de encarar a realidade que  teve mais um de seus blecautes e matou o pai de Cody tendo total consciência do que estava fazendo, sentindo prazer nisso. Quando a história do acidente não colava mais, Bates tentou o discurso do motivo de ter ido na casa de Cody não ter sido culpa dele, mas sim dela própria ter revelado o segredo do blecaute para Emma e consequentemente para Norma, em ambas as histórias Norma terminava como uma vítima da situação.

O que Norma, a nova dona de um escritório, ensina para Bates é que o melhor para ter uma vida tranquila é não encarar seus problemas, quando viu seu filho sendo preso teve noção do futuro que poderá ter se os seus blecautes não forem resolvidos, mesmo assim escolheu mais uma vez o caminho da negação e adiou a decisão de fazer algo sobre o assunto. Colocar Cody na parede para não falar sobre os blecautes de seu filho não é a solução, a jovem também não iria falar nada sobre isso porque sabe que em certo ponto a morte de seu pai era um benefício, já que poderia ser em um futuro próximo vítima da violência dele.

Norma não percebe que é impossível fugir deste assunto e quanto mais adiar essa conversa com Norman mais o seu ódio interno vai aumentando. A situação mental de Bates chegou a um ponto em que todos ficam esperando a próxima hora que irá explodir; pareceu que isso iria acontecer quando estava sendo fichado com assistente mala de Romero e principalmente quando viu sua mãe abraçando George, situação que ficou ainda mais tensa com Cody fugindo dele. Naquele instante pensei que Norman iria ter outro blecaute, mas desta vez teve um raro controle sabendo que precisava se acalmar para que algo pior não acontecesse.

A única pessoa que acreditou em Norman foi Emma, muito mais por ingenuidade e não ter noção do que está realmente acontecendo; Bates pelo menos valorizou essa amizade, a qual para a jovem pode custar sua própria vida em um futuro próximo se continuar convivendo com os Bates. Emma também tentou colocar um pouco de bom senso em Dylan que está certo ao dizer que não vai se preocupar com sua mãe e irmão porque eles não fariam o mesmo por ele.

Dylan está mais preocupado com seus problemas no trabalho ou melhor o único problema chamado Zane. Dylan sabia que dormir com Jodi (a personagem ganhou um nome!) não era garantia de nada, teria muito trabalho para cuidar do impulsivo e falso Zane que veio com o discurso de que sabia que Dylan era a sua nova babá e que aceitava isso, somente Dylan para acreditar nisso. O que Zane tem de impulsivo tem também de burro ao achar que seria uma boa ideia atacar a casa de Nick apenas com um pequeno grupo de homens, pela quantidade de tiros dentro do local acredito que muitos devem ter morrido e que o lado de Zane não foi o vitorioso, coitado do Remo que pode ter ido dessa para melhor. Se tem um personagem que gosta de apanhar e se machucar nesta série é Dylan que ganhou uma nova cicatriz com a porrada que ganhou na cabeça de Zane, mal saiu do hospital e Dylan já vai ter que voltar para o mesmo, isso é se conseguir fugir sem ser pego pelos homens de Nick.

Cody veio como um furacão passou, destruiu tudo e foi embora deixando um caos para trás, mexeu muito com Norman que a salvou de seu pai, mas por causa disso a jovem teve que mudar para morar com parentes em outra cidade. Cody pelo menos antes de partir manteve a mesma sinceridade de sempre ao dizer que o que tinha tido com Norma acabou e que nunca mais o procuraria, além de alertá-lo sobre suas mãe e as mentiras que esconde dele.

O que esse final de temporada está colocando na narrativa é uma nova visão da relação de Norma e Norman; o garoto não compreende que tudo que sua mãe faz e esconde é protegê-lo, muito por culpa da maneira que Norma faz isso. Norman começa a sentir pela primeira vez ódio por sua mãe pelas mentiras e pelos segredos que esconde; é inexplicável o ataque histérico exagerado que Norma teve quando foi questionada por seu filhos sobre os blecautes, bloqueando Norman de uma maneira a nunca mais tocar no assunto. O que Norma queria apenas é ter noção de quem ele é de verdade e o que acontece de verdade com estes blecautes, ao privá-lo desta resposta Norman aumenta o monstro que existe dentro de seu filho que pode ficar cada vez mais contra sua mãe.

Para o prosseguimento da trama é interessante criar este embate entre mãe e filho, transformando o amor insano que um sente pelo outro em algo ainda mais sombrio. Briga que pode cessar rapidamente por causa de uma descoberta contra Norma; desta vez a insistente assistente de Romero analisou o sangue de Norma e o identificou como o dono do esperma encontrado na senhora Watson! Romero, cada vez mais apaixonado por Norman, vai ter que mais uma vez investigar Norma, que horas atrás provou sua inocência na morte do pai da Cody e terá que fazer o mesmo sobre essa nova evidência. Esta descoberta também colocará em choque a relação de negócios entre Norma e Nick que já deixou claro que não descansará até pegar o homem que matou sua filha; ara Romero essa revelação pode trazer muitos problemas pela falsa prisão que fez colocando um inocente na cadeia pelo crime.

tres

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s