2 Comentários

Série Nova: Silicon Valley – 1×01 – Minimum Viable Product

silicon-valley-cast1Steve Jobs e Bill Gates criaram uma geração de jovens nerds que encontraram nestes ídolos uma maneira de alcançarem uma popularidade e dinheiro que antes nunca imaginavam ser possível com suas personalidades, atualmente todo mundo quer ser o próximo gênio que vai inventar algo que irá mudar o mundo. Mike Judge, criador de Beavis & Butt-head e O Rei do Pedaço, pretende explorar este universo na nova sitcom da HBO Silicon Valley.

Antes de mais nada uma explicação, Silicon Valley é o apelido de uma área dos EUA onde a maioria das empresas de tecnologia se encontram e onde milhares de jovens moram em busca de serem reconhecidos pelas suas invenções. A trama acompanha Richard (Thomas Middleditch, de Os Candidatos), um clássico nerd todo estranho, tímido, sem habilidade social que mora em uma comunidade onde moram outros nerds. O dono do local é Elrich (TJ Miller, de Cloverfield), um nerd que vendeu anos atrás um aplicativo e que nunca mais teve uma nova ideia, por isso cria essa casa em busca de encontrar uma nova descoberta que o faça ficar ainda mais rico . Na casa ainda moram, o melhor amigo de Richard, Big Head (Josh Brener, de Os Estagiários); o “satanista” Gilfoyle (Martin Starr, de Ligeiramente Grávidos) e o indiano Dinesh (Kumail Nanjiani, de Juntos pelo Acaso).

Richard é tão loser que é zuado por outros nerds na companhia em que trabalha, o jovem acredita que vai mudar sua vida através de um aplicativo que tem a capacidade de ajudar um músico a descobrir se uma composição criada por ele já existe; o que Richard não tem noção é que dentro deste desnecessário programa criou uma maneira revolucionária de comprimir arquivos. Nos minutos finais do piloto surge a dúvida de Richard entre vender sua ideia e ficar milionário ou ganhar um investimento e criar assim sua própria companhia; escolhe a a segunda opção e assim se cria a história na qual ele ao lado de seus amigos vão tentar transformar a sua invenção em algo maior.

O maior erro do piloto foi não desenvolver seus personagens mais profundamente, apenas ligado a caricaturas e clichês de pessoas deste universo, tendo uma pressa enorme, e mal desenvolvida, de criar logo uma história para ser contada para o resto da temporada. A produção investe em atores com o perfil físico de gênios da computação, mas talvez faltou um cuidado melhor para escolher os seus intérpretes; o protagonista Thomas Middledicth exagera nos trejeitos de seu personagem que não é engraçado em nenhum momento, mas quase deprimente demais. TJ Miller é outro ator bastante contestável, sempre caricato em suas atuações e o que não muda com este personagem; os outros personagens tiveram poucos diálogos para serem analisados melhor.

O típico estilo de humor outras obras de Judge ressurge nesta sitcom que faz questão de ressaltar o quão ridículo é todo este universo, tirando sarro dos jovens que ficam ricos da noite para o dia com seus aplicativos, mas continuam sendo pessoas sem habilidades sociais e sem nenhuma popularidade mesmo depois de ficarem milionários; são mais ricos que astros da música como Kid Rock, que participa do piloto, mas continuam sem nenhuma habilidade social. Um tipo de humor que não te fará chorar de rir, apenas tirar alguns sorrisos, exceto se você fizer parte ou se interessar por este mundo da tecnologia, daí é possível até dar boas risadas, como sacada sobre o real talento de Steve Jobs.

Quem é fã do trabalho Mike Judge em produções com O Rei do Pedaço pode até ter uma visão mais otimista desta série depois de assistir o piloto,que na minha opinião foi fraco e sem graça, a única piada risível foi quando Richard foi ao médico, mas dificilmente a trama irá explorar muito este tipo de humor mais sarcástico. Silicon Valley não parece ter potencial para ir além das piadas comuns de uma série que se passa neste tipo de ambiente e com seus personagens caricatos demais.

Vai dar certo? Talvez, a série junta os elementos que fizeram Mike Judge querido por gerações de adolescentes, trazendo este estilo para uma história típica do nosso tempo, resta saber se fora dos fãs de Judge, o resto do público vai conseguir conectar-se com este tipo de humor. O que pode pesar para o fracasso é que a série terá apenas oito episódios em sua primeira temporada para tentar conquistar o seu lugar.

Para quem gosta de…:  Workholics, Beavis & But-head, O Rei do Pedaço

O TV Cinema e Música irá acompanhar? Não, por uma questão de gosto pessoal já que as produções de Judge nunca fizeram meu tipo de humor.

dois

 

2 comentários em “Série Nova: Silicon Valley – 1×01 – Minimum Viable Product

  1. […] HBO anunciou a renovação das suas séries Veep e Silicon Valley. Veep estrelada por Julia Louis-Dreyfus irá para sua quarta temporada e atualmente está exibindo a […]

  2. Esta é uma grande noticia, porque acredito no nível das audiçãos está funcionando bem, o silicon Valley é também uma ótima opção nestes tempos em que a indústria de tecnologia está em pleno andamento , também estou certo de que muitos se identificam com a trama.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s