Deixe um comentário

The 100 – 1×04 – Murphy’s Law

Murphy’s LawAgir por impulsividade nunca é a solução, algo que Clarke agora sabe, a protagonista por causa dos seus sentimentos sobre Wells, o maior deles a culpa, agiu sem pensar ao acreditar por causa de uma pequena pista deveria revelar para todos que Murphy era o real assassino de Wells e não os moradores locais. A pista encontrada foi a faca que na verdade a Charlotte usou para matar Wells e cortar seus dedos, medo desta garota! Quem achou a faca foi Jasper que lentamente tenta superar o trauma do que passou, tendo como incentivo o carinho e beijos de Octavia, sortudo este nerd!

Bellamy estava certo ao afirmar que a culpa de tudo que aconteceu foi porque Clarke não ouviu o seu conselho, a sua suspeita sobre Murphy deveria ter sido primeiro investigada para depois todos ficarem sabendo, mas Clarke agiu impulsivamente e praticamente entregou Murphy para os outros jovens julgarem; idiota da parte dela não pensar que todos agiriam de outra maneira que não fosse querer matá-lo, já que o próprio Murphy tinha arranjado briga com todos por causa do seu comportamento de ditador. Tenho certeza que Bellamy só deixou primeiro Murphy ser espancado para dar uma lição em Clarke e depois quase o enforcou porque Clarke tinha dito que não era uma pessoa capaz de matar outra, Bellamy não é do tipo que gosta de ser desafiado.

Uma situação que foi piorando até a própria Charlotte assumir que tinha sido a culpada pela morte de Wells, o que só despertou ainda mais o ódio de Murphy. Desde o primeiro episódio deu para perceber que Murphy é um maluco sociopata que se acha dono do mundo, não esperava outra reação da parte dele do que desejar fazer o mesmo que fizeram com ele com Charlotte; algo que a maioria não concordava e que só serviu para aumentar a raiva de Murphy ao ver o quanto é o odiado por todos. Clarke fez tudo para vingar a morte de Wells e acabou tendo que proteger a vida da sua assassina. Quem foi o mais adulto em toda essa situação foi Finn que agiu certo ao esconder de todos o local que secreto que encontrou, já que este grupo de jovens instáveis poderiam acabar criando uma guerra para ver quem ficar no lugar, mas fez questão de delicadamente dar os lápis que achou para Clarke. Finn tentou mostrar para todos que Charlotte era apenas uma criança confusa e não poderia ser julgada como adulta; Charlotte, que nada mais era do que uma criança desajustada sem noção de como as coisas funcionam, tudo que fez neste episódio foi em decorrência do trauma da perda de seus pais e de sua falta de maturidade.

O estrago já estava feito e depois de muitas discussões Charlotte tirou sua própria vida pulando do penhasco, outra reação típica de uma criança que cansada de tantas discussões acreditava que indo embora todos ficariam em paz, um sonho ingênuo. Depois desta tragédia Clarke teve que assumir que errou ao contar a todos sobre a suposta culpa de Murphy e Bellamy teve que aceitar que não poderiam viver em uma sociedade sem leis. A primeira decisão dos líderes foi banir Murphy, o jovem seria um problema constante para todos se continuasse a conviver com os outros jovens, jamais se adaptaria as leis e precisava ser isolado do resto para o bem de todos, Murphy solto pela floresta é um perigo ainda maior, deve esperar a hora de se vingar de Bellamy e Clarke.

Para piorar a situação os 100 descobriram que estão ainda mais isolados depois que o nerd japonês fez questão de desativar todos os braceletes de uma vez enquanto tentava se comunicar com a Arca, por favor nunca mais deixem ele mexer em nada! Junte essa decepção, mas toda a tragédia com Charlotte e o excesso de hormônios e terá a cena de cena sexo entre Clarke e Finn que resolveram esquecer tudo que aconteceu tendo um pouco de prazer, o que não foi nenhuma surpresa.

Clarke fez o mesmo erro em relação a Murphy com sua mãe, por mais que Abby tenha errado ao não contar a verdade sobre o que aconteceu com seu pai, Clarke mais uma vez agiu também sem pensar ao fingir sua morte para provocar Abby, o que também causou uma séria consequência. A possível morte de Clarke fez com que Abby tivesse um motivo ainda maior para fazer de tudo para mostrar que a Terra é a última salvação; o tempo está correndo contra os sobreviventes que já começam a sentir a falta de oxigênio e Abby não aceitaria facilmente a morte de sua filha sem uma prova real, por isso quis apressar a construção da nave.

A Arca está longe de ser um paraíso, parece muito mais uma réplica do que era a Terra, com seus jogos de interesses e cada pessoa pensando somente em si; como Kane que sempre está de olhos abertos e nunca deixaria algo acontecer dentro da Arca sem saber, por isso desconfiou que Abby estava escondendo algo. O erro de Abby foi acreditar que uma negociante ilegal como Nygel iria fazer uma troca sem ganhar nada em troca, a vendedora do mercado paralelo já demonstrou uma falta de caráter ao provocar Raven sobre o passado de sua mãe. Nygel viu a troca com Abby como uma possibilidade de um negócio ainda mais interessante com Kane; ter alguém sem caráter e poderoso como Kane do seu lado é um benefício.

Nygel ao revelar o que Abby está fazendo deixou Kane em uma situação que está devendo um grande favor a ela e que pode pagar deixando a em paz com seus negócios ilegais, ainda mais porque Nygle acredita que Kane pode tornar-se o futuro líder da Arca. Descobrir que a mãe de Kane é uma espécie de líder religiosa foi importante para entender da onde Kane herdou este dom da lábia para convencer as pessoas a ficarem do seu lado, ver a mãe de Kane como uma mulher que tem a esperança no retorno à Terra, é um contraponto interessante com Kane que não deseja que o planeta seja um lugar habitável.

Pensando totalmente diferente de Kane, Abby sacrificou-se pelo seu sonho de que a terra pode ser um lugar novamente habitável, colocando suas fichas em Raven que será a última chance de provar essa teoria antes que comece a execução de pessoas na Arca; porém Raven chegará a Terra encontrará um cenário diferente do esperado, com jovens querendo distância da Arca e depois que seu namorado Finn acabou de transar com Clarke, criando o triângulo amoroso que já esperado desde que Raven apareceu pela primeira vez.

Pela segunda semana consecutiva The 100 surpreende com um episódio bastante profundo e sombrio, colocar Charlotte como uma assassina na semana passada já foi algo corajoso e depois a própria cometer suicídio foi algo ainda maior. A audiência da série não vem sendo muito satisfatória o que a coloca em risco de cancelamento, o que seria uma pena já que está mostrando ter um enorme potencial para melhorar ainda mais.

quatro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s