Deixe um comentário

Crítica: Tudo Por Justiça

out-of-the-furnace-christian-bale-3Após uma elogiada estreia com Coração Louco, o diretor Scott Cooper em seu segundo filme Tudo por Justiça retrata mais uma vez a vida do homem comum e suas lutas internas, aproveitando para fazer um retrato das classes mais baixa dos EUA e os efeitos das últimas guerras do país.

A  trama acompanha Russell (Christian Bale, trilogia O Cavaleiro das Trevas), um operário que não se questiona se gosta ou não do que faz e de sua vida, apenas trabalha como um cão para conseguir o dinheiro para sustentar sua namorada (Zoe Saldana, de Star Trek) e pagar os remédios do seu pai doente. Russell também cuida do seu instável irmão mais novo Rodney Jr. (Casey Affleck, de Roubo nas Alturas), um jovem veterano que após sua última passagem pela guerra do Iraque volta bastante traumatizado. Os irmãos vivem um conflito de ideologia, Russell aceita calmamente a vida simples que tem enquanto Rodney deseja algo mais e não aceita ser um mero operário como seu irmão mais velho. Quando Russell é preso por um período  após se envolver em um acidente de carro, a sua vida estável é destroída, perde sua namorada e vê Rodney indo para o caminho errado ao se aliar com o perigoso bandido Harlan DeGroat (Woody Harrelson, True Detective).

OUT OF THE FURNACENas entrelinhas o roteiro de Cooper e Brad Ingelsby explora os reais afetados pela crise econômica dos EUA, esquecidos em um lugar que peca pela falta de opções de trabalho e com poucos recursos, com isso a criminalidade assume um papel maior e quase social. Retrata os traumas deixados nos homens que lutaram no Iraque e são esquecidos pelo seu próprio país, enquanto tentam recomeçar suas vidas e também superar os traumas deixados pela guerra. A questão maior e esta exposta violentamente  na trama é  sobre quando o homem vê que a justiça é cega e precisa ser sozinho o acusador, juiz, júri e executor da pena máxima. Cooper assim como fez com Jeff Bridges em Coração Louco se apoia em seu elenco que faz uma atuação de alto nível e que ajudam esconder algumas falhas do roteiro.

O trio formado por Bale, Casey Affleck e Harrison é um show à parte, acompanhados de dois coadjuvantes também impecáveis com Saldana, William Dafoe e Forest Whitaker. Bale é um ator camaleão que entra sempre profundamente em seus personagens dando mais que vida para eles; Russell é a personificação do homem comum que aceita sua própria vida precária e tem como sua única prioridade proteger sua família; a narrativa expõe como Russell pagou pelos seus crimes e depois vê a mesma justiça falhar quando alguém querido desaparece; Russell deixa o esforço que tanto faz para ser um sujeito pacato e transforma-se em um homem possesso em busca de vingança; dando a narrativa quase um tom de faroeste moderno. Casey Affleck está impecável como o jovem que viu coisas horríveis na guerra e se perde nestas memórias, entrando em um círculo vicioso de autodestruição; por último Harrelson goe um pouco do lugar comum que virou sua carreira interpretando mais uma vez um caipira, mas desta vez um vilão nojento e odiável, um homem que entende o medo e a violência como resposta para tudo.

Film Title: Out of the FurnaceCooper como um diretor e roteirista ainda em experiência ainda tem algumas ao não ter um controle total do ritmo de sua obra que sobe e desce demais e também utiliza o artifício de criar situações fáceis demais para solucionar sua trama tirando em parte o tom realista que propôs durante toda sua obra. Falhas aceitáveis diante de outras qualidades como saber criar premissas que doem no estômago e causam uma longa reflexão.

tres

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s