Deixe um comentário

Surviving Jack – 1×02 – Gonna Make You Sweat

Surviving Jack - Episode 1.02 - Gonna Make You Sweat - Promotional Photos (9)O telespectador é muitas vezes implacável, acostumado a assistir suas séries preferidas, às vezes muitas, tem uma certa dificuldade em abrir seu coração para novas e potenciais produções, como Surviving Jack. A estreia da nova sitcom da Fox teve péssimos números na audiência e que pioraram no segundo episódio, o que é uma pena. O segundo episódio de Surviving Jack foi ainda mais engraçado e divertido do que o primeiro, as tramas se intercalaram melhor e Jack tem tudo para ser um dos personagens mais engraçados da televisão, isso é se a série conseguir fugir do inevitável cancelamento.

Na adolescência você geralmente acredita que os seus amigos serão eternos e que vão ter esta união para sempre, algo que Frankie acreditava até Jack com seu realismo brutal dizer que ele, Mike e George iriam se separar naturalmente por causa que a vida é assim. Frankie está naquela fase que começa a ter uma vida própria com garotas, esporte e atividades que o afastam de seus melhores amigos e tentava encontrar uma maneira de continuarem juntos, o que poderia acontecer se entrasse em um time de beisebol.

Logo naquela competição de cotonetes gigantes já deu para perceber que Jack não é do tipo que gosta de perder e é bastante exigente, por isso é inexplicável a besteira que Frankie fez de pedir para que seu pai ensinasse ao trio a jogar beisebol para entrarem no time. O treinamento imposto por Jack foi o auge do episódio, difícil escolher qual foi a cena mais engraçada; Jack aparecendo no meio da noite no quarto de Frankie segurando um bastão, molhando o trio enquanto faziam flexões, além da tortura psicológica, lembrando Frankie que ainda faz xixi na cama e que sua mãe o coloca para dormir! O melhor de tudo foi a pegadinha de Jack, ri demais com ele fingindo ter um ataque cardíaco e Frankie ficou tão desesperado que esqueceu o número do 911; não esquecendo da engraçada cena de Jack gritando no meio do teste para Frankie que dormiu com a mãe dele!

Em um grupo de amigos sempre tem aquele que é o menos “popular” e que acaba sempre de canto; George é essa pessoa neste trio, baixinho, estranho e metido a engraçadinho, sem ser. Deu pena de como George acreditava que entraria para o time de beisebol, Jack foi até uma boa pessoa ao tentar fazer com que ele não percebesse isso. Jack fez bem de mostrar para Frankie que não ajudaria George se facilitasse sua entrada no time e prejudicasse o seu próprio futuro no esporte; afinal o destino é uma vaca cruel e a vida é injusta, sábio Jack! Acabou acontecendo o óbvio, Frankie e Mike, que claro tem problemas com seu pai, entraram no time e George ficou de fora.

O melhor de Jack é que até na lição do dia solta pérolas do tipo de que não tem amigos porque acredita que isso nada mais é do que uma desculpa humana para fugir do assunto da inevitável morte e da escuridão eterna que vem com ela! Mesmo depois de dizer isso incentivou Frankie a continuar a lutar pelos amigos que valiam a pena, o que é engraçado exatamente pela sua contradição; Frankie seguiu o conselho do pai e lutará para manter a amizade com George. Frankie só precisa desistir da ideia de que vai conseguir enganar Jack, que nem se mexeu com o falso corte de seu filho e ainda colocou cobras falsas por toda casa só para garantir novos sustos e provar que é o mestre da pegadinha!

O enredo feminino da trama também manteve a mesma qualidade, Joanne tentou dar bons exemplos para sua filha Rachel, que sempre enxerga as coisas de uma maneira que seja boa para ela. Rachel é o protótipo da garota popular que tem total noção da sua beleza e acha que não pode fazer nada se todos os garotos não a resistem; a história dela dar uns beijos no até então perfeito e queridinho de Joanne, Parker, e trair Doug rendeu engraçados momentos. Coitada da Joanne queria apenas dar um futuro melhor para sua filha e acabou se intrometendo demais; Doug não é um bom namorado, nenhum pai e mãe em sã consciência gostaria de ver sua filha com um rapaz que não pode ser comparado nem com um melão; Frank ficou ainda mais feliz quando acreditou que Doug estava fora da vida de sua filha.

A química entre Joanne e Jack é um dos destaques deste início da série, Jack todo metido e mandão fica bem quietinho quando se trata de uma ordem dada pela sua esposa; foi impagável a frustração de Joanne ao ver a falta de reação de Jack quando contou que o o traiu no início do relacionamento; afinal com o comportamento de Jack, Joanne estava certa de suspeitar que ele poderia ser mesmo o Assassino do Zodíaco. Se não fosse a pressão de sua mãe de maneira alguma Rachel contaria a traição para Doug, o que Jack fez bem de afirmar que era a pior a ideia do mundo, e provou ser pela exagerada reação de Doug que é sensível demais, Rachel precisa logo encontrar um novo e melhor namorado!

Gostei muito dos dois primeiros episódios de Surviving Jack e não custa sonhar que a Fox vai apesar da fraca audiência continuar dando uma chance para a sitcom, quem sabe pelo menos exibir todos os episódios de sua primeira temporada.

tres

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s