Deixe um comentário

The Blacklist – 1×17 – Ivan

The_Blacklist_-_Episode_1.17_-_Ivan_-_Full_Set_of_Promotional_Photos_(6)_595_slogoRed já tinha tentado forçar Liz a descobrir o que Tom estava escondendo dela, o que não deu nada certo e quase a perdeu por isso, sua única opção era levá-la a verdade. A mesma paciência que teve para ficar horas construindo a antiga caixa de música também teve para guiar Liz para a descoberta que sabia que iria destruir o mundo da agente.

O plano de Red começou ao chamar a sempre prestativa senhora Kaplan para encontrar o corpo do colaborador cowboy e de Jolene, depois dando a pista para a polícia do possível sumiço da professora, o que levaria ocasionalmente a polícia a procurar Tom; Red conhece muito bem Liz e sabe que isso despertaria sua curiosidade sobre Jolene, o que a levaria consequentemente a Tom. A ideia de Red deu mais que certo e Liz começou a montar o quebra-cabeça, a verdadeira identidade de Jolene e seu passado criminoso até a localização do local que fez a ligação para ela, o que a levou para a base secreta de Tom! Tive vontade de bater em Liz quando antes de entrar no esconderijo teve a ideia “genial” de ligar para Tom, que com isso teve tempo de destruir quase todas as provas que poderiam incriminá-lo e procurar um lugar para se esconder; uma cena bastante tensa e Tom conseguiu fugir ao nocautear friamente Liz!

Diante da falta de evidências para seguir em frente na investigação Liz foi pedir o auxílio de Red que recusou ajudá-la, essa cena foi crucial para ver a dor no olhar de Red e a vontade que estava sentindo de contar tudo que sabia, mas precisava que Liz descobrisse sozinha. Em uma série com tantas reviravoltas é divertido ver que Lizzie descobriu toda a verdade sobre Tom em um mínimo detalhe como ao ver o hipopótamo de brinquedo que tinha dado por Tom no lixo do apartamento que até então acreditava ser de Jolene, neste minuto o mundo de Liz foi destruído e tudo começou a caminhar para a verdade que tanto relutou a encarar. Liz se inspirou em Tom e também manteve o teatro do casal feliz, o seu marido até chegou a notar que algo estava estranho, mas a agente conseguiu enganá-lo da mesma maneira que ele fez por todos estes anos.

Liz não teria outro lugar para correr se não para os braços de Red que a aguardava com a doce caixa de música que tocava a mesma canção que o pai de Liz cantarolava quando ela era criança e tinha pesadelos envolvendo um incêndio. Que bonito ver Liz sentindo conforto nos braços de Red que a acalmou como um pai e deu um gentil beijo na sua testa, dizendo que tudo ficará bem. Esse carinho e união dos dois, aumenta ainda mais o mistério sobre o porquê de Red ter tanto interesse em Liz, já sabemos que ele conhecia o pai dela, mas não suspeitava que tinha chegado a ponto de saber até um detalhe pequeno como este da música, além do incêndio que deve estar relacionado a identidade dos verdadeiros pais de Liz. Não sei se tudo ficará realmente bem, mas Liz e Red vão se unir ainda mais para derrubar Tom, a agente terá que entrar no jogo de seu marido e terá que virar uma atriz para fingir que está tudo bem. Liz não pode derrubar o disfarce de Tom até desvendar quem está por de trás dele; Liz terá que tomar muito cuidado com seu falso e mortal marido que também a está observando de perto e pode começar a desconfiar que ela descobriu tudo.

O episódio teve um caso da semana que foi o mais fraco por enquanto da série; o nome da lista desta vez era Ivan, um ladrão cibernético Ivan que teria sido o responsável por ter roubado uma máquina criada pelo governo dos EUA que era capaz de desligar qualquer tipo de rede, o que é equivalente a uma moderna bomba nuclear. A primeira parte da investigação foi a melhor graças ao humor sarcástico de Red, tanto na sua explicação sobre o motivo de não pagar impostos e também mostrando um cartaz de procurado com sua foto para provar sua identidade para Ivan, além da encenação dele atirando em Ressler. Seria muito mais bacana se Ivan tivesse realmente roubado a máquina porque iria vender para inimigos dos EUA, mas no lugar disso criaram um caso de um garoto hacker que fez tudo isso para evitar que a garota que era obcecado, e que não sabia da existência dele, mudasse de cidade! Este enredo acabou não sendo frustrante por causa da eletrizante conclusão onde por pouco Liz e o garoto não morreram dentro do trem sem controle.

Comentários Extras:
Menções honrosas tanto para Ressler que tenta seguir em frente após a perda de Audrey, como também para Aram, o nerd da agência que tem uma paixão secreta por Liz e faz de tudo para agradá-la.

quatro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s