Deixe um comentário

Chicago Fire – 2×17 – When Things Got Rough

Chicago Fire - Season 2Acabou que o promo deste episódio fez uma tremenda pegadinha com os fãs que acreditavam que um dos integrantes do Batalhão 51 iria morrer em serviço, felizmente não foi o que aconteceu, mas acabou sendo uma história muito tocante.

O principal atendimento da semana foi um incêndio em uma casa no qual um homem para salvar sua esposa e seus filhos subiu em cima deles para protegê-los do fogo e acabou morrendo. Foi daquele tipo de atendimento de cortar o coração de qualquer um, não importa se você é um bombeiro veterano como Casey ou uma novata como Jones, era impossível não se emocionar ao ver um gesto tão lindo de amor e bravura. Cada pessoa tem uma maneira de lidar com a dor de uma perda, em alguns momentos é mais fácil colocar a culpa nos outros para tentar superar a dor; por isso deu para entender perfeitamente a esposa do herói que preferiu colocar a culpa da morte de seu marido no atendimento do Batalhão 51. O caso que já deixou todos bastante abalados ficou ainda mais sério com este possível processo; Casey foi o que ficou mais mexido, afinal fez de tudo para tentar salvar a vida do homem e ficou emocionado ao relatar para esposa como nunca esquecerá o que o marido dela fez; as belas palavras de Casey era o que a esposa da vítima precisava ouvir para assumir a sua perda e entender que ninguém tinha culpa nesta história, na verdade todos precisavam honrar o gesto de bravura que a vítima fez antes de morrer.

Casey continuou tentando fazer o bem ao tentar convencer Boden de que não poderiam destruir a carreira Jones, até a própria Dawson insistiu para que seu namorado não deixasse isso acontecer. Falando nos pombinhos que estão sem perceber entrando em uma séria crise, pequenos detalhes mostram isso, como Dawson não contar do seu perseguidor para Casey e como também ela fugir da ideia do novo apartamento; por causa desta fuga disfarçada de Dawson, o casal perdeu a oportunidade de alugar um apartamento perfeito; sorte de Otis e Cruz que foram mais rápidos e pegaram o local. Casey ficou triste ao ver que o apartamento tinha sido perdido, e Dawson por algum motivo parece sempre fugir do assunto, quase como se estivesse em dúvida sobre se quer ou não isso, o que pode ser um sinal de uma duvida se deseja ou não continuar com Casey.

Dawson não teve um momento de paz e teve que lidar com o perseguidor e maluco do Ramsey que ficou a assediando sem parar; a paramédica fez muito bem de denunciá-lo, mas deveria ter contado isso antes tanto para seu namorado Casey como para Boden que poderia ajudá-la. Essa história do Ramsey parece longe de estar finalizada, não acredito na história contada por ele sobre Dawson parecer com uma pessoa que conhecia e que morreu, tenho certeza que estão faltando muitos detalhes desta história relatada por ele. É quase impossível confiar em Ramsey depois de ele dizer a assustadora frase que ele e Dawson estão ligados de uma maneira que a paramédica nem imagina! Dawson acabou caindo na história de Ramsey e sendo uma boa pessoa decidiu aceitar ajuda de Jones para que o pai dela consiga recuperar o emprego de Ramsey, o que não parece ser de jeito nenhuma uma boa ideia.

Dawson deixou suas diferenças de lado com Jones e viu o quanto a novata está se esforçando para se enturmar e ficar amiga de todos; por isso a paramédica não conseguiu ficar calada ao ouvir de Jones que o pai dela estava a tratando de uma maneira carinhosa como nunca tinha feito antes; o pai de Jones é um falso que está agradando a filha enquanto age pelas suas costas. Dawson contou o que estava acontecendo para Jones que revelou um lado mais sensível após receber a decepcionante notícia, a ponto de confundir as coisas com Mills e o agarrar! Coitado do Mills que ficou em uma situação altamente desconfortável, porque só queria ajudar a novata e ainda levou um xingamento de graça.

Depois que se acalmar Jones vai ver o erro que cometeu, mas está ficando bem claro que a novata e Mills podem acabar tendo algo. Jones também pode ficar mais tranquila porque não está sozinha nesta guerra contra seu pai; depois de tudo que aconteceu no Batalhão 51 Boden mudou de ideia e decidiu aceitar o conselho de Casey e juntos vão lutar para tentar manter Jones no Batalhão. Como Boden disse o pai de Jones fará da vida deles um inferno, mas agora eles tem como a arma a própria Jones que pode ajudá-los a fazer com que o pai dela mude de ideia, mesmo assim a vida do 51 não será nada fácil ao comprar esta briga para salvar Jones.

Jura que o Severide vai se fazer de difícil para Lindsay? Shay tinha razão de elogiar a beleza e a voz da detetive, incentivando seu amigo a investir neste relacionamento, mas Severide quis dar uma de difícil dizendo que vai esperar para ver como Lindsay vai se portar, alguém precisa avisar para ele que Lindsay não é do tipo que corre atrás de homem! Achei meio piegas esta trama de Severide tentando ajudar um bombeiro veterano; o aposentado Bloom deixou o seu Batalhão após um acidente no trabalho há mais de quatro anos e acabou viciado nos remédios para a dor. Bloom foi injusto e agressivo com Severide que queria somente ajudá-lo, mesmo sem conhecer absolutamente nada sobre Bloom, unicamente porque Severide viu um colega de profissão que passava por uma fase difícil e que precisava de ajuda. Não sei até quando e quanto esta trama pode render algo interessante e novo ou ir para o caminho comum de Severide tentando fazer com que Bloom se levante.

O já clássico enredo humorístico ficou com Mouch que levou um fora de sua namorada japonesa que o trocou por um apresentador famoso no Japão, deixando o coitado do bombeiro deprimido. Um pouco sem noção da parte dele pedir ajuda bem para Shay para ajudá-lo a encontrar uma nova namorada; a paramédica lésbica não tem um bom histórico no que se refere a romances e ultimamente ninguém, literalmente, liga para ela. Desculpe Mouch e Hermann, mas assim como Shay pensava que ambos estavam quase na faixa dos 60 anos, sinceramente é melhor Mouch acordar para a realidade e procurar alguém da sua idade e desistir da ideia de que irá conquistar alguém da idade e com a beleza igual a de Dawson, a qual Mouch não investia unicamente porque está compromissada, como se a paramédica fosse uma possibilidade real para o bombeiro veterano!

tres_e_meio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s