Deixe um comentário

Being Human – 4×10 – Oh Don’t You Die For Me

NUP_157069_0316-700x400Por mais que se façam de durões, Josh e Aidan tem em comum ainda acreditarem que as pessoas são capazes de melhorar e de serem boas, porque é isso que os dá esperança de que um dia possam também ser considerados pessoas do bem.

Josh não ouviu Sally que tentou alertá-lo que o seu lugar era com Nora e que precisava reconquistá-la, Josh preferiu fugir e acreditar que os dois nunca mais vão ficar juntos. Não sei o que passou na cabeça de Josh em confiar mais uma vez em Mark e nos outros membros da matilha; entendo que a saudade de Nora era forte e a sensação de pelo menos uma vez ser o líder de algo lhe fazia bem, mas já está cansando de saber que nunca dá certo a ideia de participar de uma matilha. Mark e os outros integrantes da matilha tem uma visão errada sobre ser um lobisomem, acreditam que são superiores aos humanos, tanto que enganaram pessoas normais de que serão melhores como bichos do que como gente. Josh foi ingênuo ao confiar neles que desde o começo queriam usar o novo poder dele para criar novos membros para a matilha, algo que nunca deve ser feito e que Josh nunca aceitaria; 0 que Josh mais queria era se sentir bem ao lado de outros lobisomens e esquecer da dor da perda de Nora, acabou voltando para trás e sendo enjaulado e usado como um criador daquilo que mais odeia em si.

Aidan cometeu um erro parecido ao acreditar que poderia ter uma vida normal com Suzanna; a sua esposa nunca se perdoou por ter matado seu próprio filho e matava outros vampiros não para evitar que mais pessoas morressem, mas sim porque a cada vampiro que matava se sentia um pouco menos culpada por não ter coragem de tirar sua própria vida. Suzanna não iria esquecer seu objetivo em Boston que era eliminar Kenny e seu novo rebanho; Aidan demorou demais para tomar uma ação e contar a verdade tanto para sua esposa como para seu filho sobre o que estava acontecendo. Aidan sabia que uma hora teria que escolher entre um dos dois; Suzanna jamais aceitaria que Aidan escolheria Kenny do que ela ainda mais depois de descobrir que o vampiro era seu filho; dentro de sua própria culpa Suzanna ficou com mais ódio de Aidan por aceitar que outra pessoa seja seu filho e por perdoá-la por ter matado Isaac, porque Suzanna nunca parou de sentir culpada pelo que fez e talvez ao contar para Aidan acreditava que ele iria matá-la e assim teria a paz que tanto desejava.

Sally, Sally ,Sally sempre tentando concertar a vida dos outros e nunca se preocupando consigo mesma; estava querendo tanto reunir Josh com Nora, por causa do sentimento de culpa de ter sido a causadora pela transformação de Josh neste novo tipo de lobisomem; também precisava ver pelo menos um casal feliz, já que não poderia ficar com o homem que ama. Sally deveria ter logo cumprido a promessa que fez para o Aidan da outra realidade e contado para este Aidan o que aconteceu entre eles, mas preferiu esconder a verdade e ficando em uma situação pior; foi bem engraçada a reação dela ao ver Aidan de toalha, safadinha!

Sally ama Aidan e seria capaz de fazer tudo por, aponto de dar o seu último fio de vida como fantasma para salvar a vida do vampiro. Aidan mais uma vez foi o herói do dia ao salvar Josh e tentar encarar sozinho os lobisomens, o que por pouco não custou a vida dele; a cena da batalha dele com ajuda de Sally foi muito divertida, até lutando os dois mostram uma química que é muito rara, um literalmente completa o outro. O que foi Sally entrando no corpo do lobisomem gordão para beijar Aidan!!!! Foi romântico e nojento ao mesmo tempo, mas o beijo fez o efeito que Sally esperava e Aidan ficou sem palavras, um momento que foi interrompido pela instável da Suzanna.

Na minha visão Suzanna sempre soube como terminaria essa história, a vampira teve a oportunidade de matar Kenny, mas preferiu fazer isso na frente de Aidan, uma atitude bastante questionável e que selou seu destino. Sally diz ter feito tudo isso por Isaac, mas no fundo fez tudo isso pelo seu próprio sentimento de culpa. Suzanna sabia tanto que nem ela e muito menos Aidan eram as mesmas pessoas de centenas de anos atrás. os dois mudaram seja para o pior ou para o melhor; como também que nunca estaria satisfeita, matar Kenny e até Aidan não resolveria a dor e a culpa que sentia. Aidan sabia que Suzanna não tinha mais jeito, por isso tentou antes de matá-la dar uma última paz para que conseguisse se perdoar, mas isso nunca aconteceria e terminou matando a sua própria esposa.

A morte de Suzanna era a única solução, mas Aidan precisa fazer algo também com Kenny que por mais que não tenha noção, está ficando cada vez mais parecido com Bishop. Aidan precisa aconselhar melhor seu filho para evitar que tome o mesmo destino que seu pai vampiro; Kenny fala que está expandido seu império para poder ficar com sua namorada lobisomem, mas assim como Bishop faz isso porque se sente bem no comando de sua raça. Para Aidan a dor de perder Suzanna passou rapidamente e foi trocada pela preocupação ao ver que ao ajudá-lo Sally ficou mais uma vez perto do fim de sua existência. Nora abriu os olhos de Aidan e contou tudo que aconteceu entre Sally e ele na outra realidade; Aidan precisava ouvir isso para entender o que estava sentindo e agora sabe que a mulher perfeita que tanto procura sempre esteva na sua frente, foi adorável o vampiro dizer que seria capaz de fazer tudo por Sally!

Ainda sobre os lobisomens Josh conseguiu sobreviver, mas o estrago já foi feito e novos lobisomens foram criados, enquanto eles existirem Josh nunca terá paz e sabe que os lobisomens liderados por Mark podem ir atrás dele e de seus amigos. Este enredo não pode terminar sem ter uma solução e sem Josh concertar o seu erro; espero que com essa história tanto Josh como Nora pelo menos percebam o quanto um precisa do outro e que unidos são mais fortes do que qualquer grande matilha.

O início do fim de Being Human está ligado a garota fantasma que apareceu por um segundo neste episódio e a qual Sally mais uma vez viu ser morta, fantasma que precisa ser controlada e que deve ser um dos temas principias dos últimos três episódios da série.

 tres

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s