Deixe um comentário

Vikings – 2×03 – Treachery

vikings_episode3_gallery_3-PRagnar não é apenas um guerreiro é um homem a frente do seu tempo e superior intelectualmente aos seus conterrâneos; o saque da igreja e o início da viagem por essa nova terra apresentou diferentes faces deste cativante personagem.

Ragnar tem Athelstan como um aliado para explicar sobre este mundo tão diferente do seu, sabe que precisa conhecer e entender seus inimigos para derrotá-lo além da força bruta. O personagem mais profundo e que traz uma abertura de visões sobre toda essa história é Athelston, interessante ver esta batalha interna que vive entre o homem religioso e o guerreiro que tornou-se; a mudança radical do antigo franciscano traz mais impacto para este choque entre duas culturas tão diferentes como dos ingleses e os homens do norte.

Ao mesmo tempo que mata friamente e com prazer seus inimigos Athelstan ficou tentado a salvar a vida do bispo que virou literalmente alvo de seus amigos; colocar um fim na vida do bispo foi um ato de misericórdia e católico de sua parte dizendo as palavras na sua língua nativa antes de cortar a garganta do homem que minutos antes ameaçou matá-lo. Estou adorando ver a rivalidade criada entre Athelstan e Floki que cismou com seu novo aliado; Floki faz um jogo de provocação para testar até onde vai a paciência de Athelstan e descobrir se realmente está do lado deles ou do seu antigo povo; Floki é um provocador e quer tirar de Athelstan a confissão de que não abandonou o seu Deus antigo; por mais que diz ser agora um crédulo em Odin, Athelstan jamais esquecerá os seus antigos valores religiosos.

Ragnar sabe que seu povo precisa de sangue e tem prazer em matar por isso olhou com um sorriso os seus amigos judiando do bispo, não se meteu porque não precisa disso, mas é também um homem com valores superiores ao seu povo, por isso incapaz de matar uma criança e ajudou o menino a fugir. O protagonista sabe agir na hora certa, para Ragnar não basta conquistar apenas os tesouros e sim quer ir além disso; por ser de origem um fazendeiro sabe o quanto sua terra não é fértil e todas as viagens a Inglaterra nunca foram apenas pelos saques, mas pela busca por uma nova casa. Esta ideia de Ragnar abre uma nova possibilidade sobre não um confronto, mas uma aliança com Eckbert; a entrada de Eckbert na história está sendo feita da maneira certa, o personagem tem muito potencial e já conquista pelas semelhanças com Ragnar.

Eckbert também pensa bastante antes de agir, conhece e respeita seus inimigos, preferindo estudá-los antes de atacá-los para não desperdiçar tempo e homens; para ele a importância da Igreja é a apenas burocrática, usa os bispos como peões da estratégia que está montando contra os homens vindos do norte. Por essas semelhanças e por serem dois homens que pensam sempre dois passos a frente uma aliança entre Ragnar e Eckbert é bem plausível; Ragnar não tem vergonha alguma de trocar de aliado se for melhor para o seu benefício. Quem parece fora de todo este contexto é Horik, instável, agressivo e pouco inteligente; atacou o homem enviado por Eckbert porque percebeu que era um espião avaliando seus inimigos; um ato que poderia ter sido feito de outra maneira e para seu plano de expansão territorial dar certo Ragnar terá que controlar este seu atual aliado.

Ragnar se arrependerá ainda mais de ter aceitado a ideia de Horik de não cumprir a promessa com Borg, que como previsto não deixou quieto essa humilhação e no lugar de atacar diretamente seu rival Horik, preferiu  conquistar as terras de Ragnar porque estavam desprotegidas. O ataque de Borg foi a oportunidade para o beberão do Rollo provar novamente seu valor, por mais que soubesse que seria uma luta perdida não caiu sem antes batalhar contra Borg e seus homens.; o homem mais velho estava certo sobre o papel de Rollo ser de proteger os filhos do seu irmão e mantê-los vivos até retorno de Ragnar. 

Rollo viu seus amigos caírem lutando e o local onde moravam ser dominado por Borg que não deve se satisfazer apenas com isso e deve continuar seu plano vingança; isso até Ragnar descobrir o que aconteceu ir atrás da cabeça de seu inimigo. Para Rollo é uma derrota com gosto de vitória, por ser uma chance de redenção e para mostrar seu valor para Ragnar, que é justo e reconhecerá o que fez para proteger sua família, que cresceu! A visão de Aslaug foi verdadeira, teve mais um menino que ganhou o nome de Sigurd e que nasceu com estranho olho de cobra; a reação de Siggy foi de susto ao ver o misterioso olho da criança e talvez suspeite de algo que ainda será revelado sobre o bebê.

Ainda conhecemos o paradeiro de Lagertha e o agora crescido Bjorn, com uma nova vida que faz a anterior parecer um paraíso. Lagertha está quem diria sujeita as agressões do seu novo marido Sigvard, um Earl do local aparentemente muito rico e que a trata como uma mulher qualquer; desanimador ver como Lagertha passou de uma forte guerreira a uma pessoa presa as ordens de seu marido. Não sei por qual motivo Lagertha aceitou esta vida, talvez porque sabe que apesar de ser um marido ruim, Sigvard pode dar uma vida boa e comida para ela e seu filho sobreviverem.

Bjorn está cada vez mais parecido com seu pai, o qual sente muitas saudades e continua cumprindo a promessa feita para Ragnar de proteger sua mãe, jurando que mataria o seu novo marido se ele a agredisse novamente. Bjorn sente falta da vida de fazendeiro e deseja viver livremente, se virando sozinho e sem depender de empregados como o seu odiável padrasto, desejo o qual Lagertha viu com admiração pelo homem que seu filho tornou-se. Sigvard tem um ódio recíproco pelo garoto o qual trata com menosprezo e o prende ao seu lado por ruindade; tirando sarro do pai de Bjorn, um ato que o garoto aguentou friamente quando por dentro de si deve desejar a morte de seu padrasto. Ainda espero ver tanto Lagertha como Bjorn livres e não presos a um homem como Sigvard; o qual aposto que até o final da temporada Lagertha dará uma lição para nunca mais tocá-la.

A cada semana Vikings se consolida como uma das melhores da atualidade e dá até uma leve tristeza pensar que faltam apenas sete episódios para o fim da temporada!

quatro_e_meio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s