Deixe um comentário

Chicago Fire – 2×16 – A Rocket Blasting Off

Captura de tela 2014-03-12 às 15.22.09Ser pai é uma responsabilidade enorme e para a vida inteira, é algo que fará você tomar atitudes que nunca se imaginou fazendo, mas que fará pelo bem de seus filhos. A paternidade foi o tema principal de mais um formidável episódio de Chicago Fire.

Benny já tinha dado a dica de que não iria deixar quieto a história da liberdade de Keeler, antes do senhor Severide assumir sua culpa até aconteceu uma tentativa de criar uma tensão sobre quem seria o culpado e até pareceu que o próprio Otis poderia ter sido o responsável. Acabou que Benny tinha sido mesmo o responsável por dar um fim na imprestável vida de Keeller, porque coisas ruins podem acontecer quando você fica sozinho; esta frase foi o bastante para Severide entender o que seu pai tinha feito.

Quem assiste Chicago PD, principalmente o último episódio, sabe que Voight é também do tipo de pai que faz qualquer coisa para proteger seu filho; seguindo um próprio código de conduta Voight jamais prenderia Benny por ter feito justiça com suas próprias mãos. Fecharam um acordo de cavaleiros e tudo foi encerrado; com Benny sentindo pelo menos uma vez na vida que fez algo bom como pai e para Katie; o personagem cumpriu muito bem seu papel na história e é hora de ficar um pouco afastado. A única parte desta história que ficou um pouco aberta é que Otis ficou assustado ao ouvir de Severide que Keeler nunca mais apareceria; o bombeiro talvez acredite que foi o seu próprio colega o responsável pelo crime, mas sabe que de qualquer maneira Keeler tinha que pagar pelo que fez.

Hermann também lidou com a questão da paternidade e teve mais uma das suas absurdas ideias, desta vez de dar para sua esposa como presente de 20 anos de casamento a sua própria vasectomia; só que contaria para sua esposa somente depois de ter feito e em uma festa surpresa na frente todos os seus amigos e familiares! Este enredo rendeu divertidas cenas com todos do Batalhão tentando mostrar para Hermann o quão ridículo era sua ideia e que sua esposa não iria gostar nada desta surpresa; piadas à parte Hermann explicou para Mouch de forma bem lúcida porque que decidiu fazer a vasectomia, nada relacionado a não querer mais filhos e sim queria “fechar a fábrica” para poder dar o grande amor que sente pelos seus filhos ao máximo. “Meu coração já está cheio”, frase simples e linda para explicar o que Hermann sentia.

A vasectomia de Hermann acabou complicando a vida de Jones, que seguindo o conselho de Mills quis fazer uma brincadeira para conseguir entrar na turma e deu para Hermann um bolo erótico! A piada foi ótima e todo mundo gostou, até Casey, mas a secretária Connie atrapalhou tudo e denunciou Jones por ter ficado ofendida com a brincadeira, se eu fosse Boden demitia a sua secretária folgada e não Jones! Como escrevi no review anterior Jones tem potencial para crescer na história e como bombeira, está se esforçando bastante e tomou mais um baque pelo mal entendido causado pela sua brincadeira. O que pode destruir o futuro dela como bombeira é seu pai  já começou armar um plano para tirá-la do batalhão e colocá-la em um trabalho administrativo. A foto ao fundo de Rebecca no escritório do pai dela mostra o quanto ele gosta de sua filha e realmente só quer proteger a vida dela, mas precisa entender e escutar o que Jones deseja fazer e não tomar decisões no lugar dela.

O pai de Jones é aquele clássico homem que tem poder e não tem vergonha alguma de usá-lo para o que for melhor para si; colocou Casey e Boden em uma situação desconfortante ao mandar que os dois arranjem uma maneira para que Jones seja mandada embora do batalhão; uma pena isso acontecer porque Jones começava a demonstrar que está melhorando, foi muito bem no salvamento no desabamento colocando a vida da vítima em primeiro lugar. A situação de Casey e Boden é complexa, os dois sabem do poder e do temperamento do pai de Jones e não tiveram coragem de contrariá-lo; é triste ver os dois entrando neste jogo político e com isso vão estragar a promissora carreira de Jones.

Casey deve tanto aceitar esta ordem que até já usou o poder do pai de Jones para colocar Dawson no próximo teste físico para ser bombeira, desta vez a paramédica não ficou brava com ajuda de seu namorado e viu isso como um gesto de confiança e que Casey aceita sua decisão de ser bombeira. Dawson que por pouco não sobreviveu para completar este sonho depois que foi ao lado de Shay atender um chamado para socorrer um homem baleado e foram perseguidas por bandidos que queriam a droga que estava amarrada ao corpo da vítima. Essa cena deu muito aflição e por pouco a sumida da Shay não levou um tiro; as duas acabaram sendo salvas pelas habilidades da ninja paramédica Dawson e Viktor, o homem do helicóptero que as ajudou e que apareceu inconvenientemente na festa de Hermann para paquerar Dawson na cara dura!

Contra todas as expectativas e para a incredulidade de Mouch a esposa de Hermann amou o “presente” de seu marido e ficou contente de uma maneira que ninguém imaginava; não existe casal mais perfeito nesta série! A festa ainda teve algumas falas muito boas; com Shay e Dawson comendo o bolo de pênis e falando em termos médicos quais partes estavam comendo, pela primeira vez Shay colocou algo do tipo em sua boca e não gostou muito da experiência!

O promo do próximo episódio deixa no ar que alguém do Batalhão 51 pode ficar entre a vida e a morte, meus candidatos são a próprio Jones ou Jeff Clarke!

quatro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s