2 Comentários

Agents of SHIELD – 1×15 – Yes Men!

822x-31Que episódio sensacional! Lady Sif, Lorelei, maravilhosas cenas de luta e uma revelação bombástica nesta semana em Agents of Shield! Uma trama bastante movimentada que fez mais uma ligação entre a série e o universo Marvel no cinema, desta vez com a participação de Lady Sif (Jaimie Alexander, sexy e mortal!) que veio de Asgard para capturar Lorelei (Elena Satine, ótima como vilã!) que pretendia ser a nova rainha da terra! Só essa premissa já renderia uma ótima história, mas foi apenas um alicerce para outras surpresas!

Lady Sif chegou como uma clássica guerreira de Asgard sem muito papo e pronta para cumprir as ordens de Odin para levar Lorelei de volta, já que depois de anos presas a vilã conseguiu escapar durante os eventos de Thor 2. Engraçada a cena de  Sif se assustando ao ver Coulson vivo, afinal ela foi a primeira a descobrir que o agente da SHIELD não morreu, segredo que prometeu guardar de Thor. Amei as interações de Sif com Coulson, os dois já se conheciam e o agente sabia o quão fodona era a guerreira asgardiana; Sif que ainda humilhou Coulson sabendo melhor que ele mexer na tecnologia de última terráquea que já existe há anos em Asgard.

Coulson aproveitou a vinda dela para questioná-la sobre alienígenas azuis que poderiam ter vindo para terra, uma ligação com o ser que ele encontrou no episódio passado e ainda tentava entender do que se tratava. Este diálogo entre Coulson e Sif com certeza chamou atenção dos mais fanáticos pelo universo Marvel porque a asgardiana citou o nome de muitas raças conhecidas, como os Kree. Coulson tentava descobrir mais sobre aquele ser que com seu sangue salvou a sua vida e de Skye; já que não conseguia falar com seu chefe, por causa de algum motivo secreto Fury está escondido e fugindo do contato dele; talvez esteja ocupado trabalhando com o Capitão América que terá em breve seu segundo filme solo lançado nos cinemas.

Esse segredo guardado por Coulson o colocou pela primeira vez em confronto com Simmons que queria usar os recursos da SHIELD para entender mais da droga usada para salvar Skye; a cientista não conseguia entender o porquê de Coulson não permitir que a história da droga seja revelada para mais pessoas. Como esperado a droga não teve nenhum efeito colateral em Skye, que não sabe fazer sotaque britânico, que está melhorando rapidamente; claro inquieta por estar presa na cama e mais disposta a se tornar uma melhor agente na parte de luta para não levar mais tiros de ninguém.

Sif fez o que se espera dela, foi uma guerreira forte com ótimas cenas de luta, derrubando todos os humanos que a atacavam como se fossem folhas de papel; outro momento épico da guerreira foi ela sendo jogado do avião e se segurando na aeronave em movimento! Outra qualidade do episódio foi aproveitar essa passagem para dar mais profundidade para a personagem que ficou escondida nos filmes do Thor. Sif e Lorelei viraram inimigas mortais no passado quando a feiticeira usou seus poderes em alguém que era muito especial para a guerreira asgardiana; não satisfeita no presente Lorelei citou no meio da luta contra Sif o amor que Sif sente por Thor, unicamente para provocá-la.

Outra caprichada ideia foi fazer uma ligação entre Sif e May; ambas guerreiras fortes vivendo em um mundo dominado por homens e por isso muitas vezes escondem seus sentimentos; hilário o diálogo de Sif falando para May que os poderes de Lorelei só funcionavam nos homens porque eles compartilham um defeito que as mulheres não possuem. May foi o ponto principal desta trama depois que Lorelei não satisfeita em ter sua própria gangue de motoqueiros conseguiu encantar Ward e colocá-lo como ponto-chave para seu plano para dominar o mundo; Lorelei fazia questão de escolher homens compromissados só por ruindade e não perderia a chance de tirar uma casquinha de Ward em uma quente cena de sexo.

Todo mundo sabe que por mais que Ward goste de ficar com May, o agente ama Skye; mesmo a agente asiática ser a pessoa  perfeita para Ward, o seu coração escolheu se apaixonar pela recruta; o que irritou bastante May que pela primeira mostrou ciúme de Ward. Como disse Coulson mesmo se os sentimentos dela atrapalhassem o seu trabalho, May nunca assumiria isso para ninguém e por isso terminou com Ward; depois deste episódio Ward precisa mesmo parar de mentir para si mesmo e assumir seus sentimentos para Skye, que também parece gostar dele.

O episódio teve algumas das melhores cenas de luta da série; May contra Ward foi uma batalha forte e a agente mostrou que se perdia na força ganhava na inteligência ao tirar as balas da arma antes que ele a matasse; a luta de Sif e Lorelei foi muito mas provocativa do que física, mas teve também boas trocas de socos entre as duas asgardianas. O roteiro não deixou de ter ótimos momentos de humor; Simmons quase derrubando com um extintor Coulson porque acreditava que ele estava encantado por Lorelei; Fitz funcionou pela primeira vez como alívio cômico, foi hilário ver o nerd sendo vítima de Lorelei e conseguindo enganar Sif, engraçado também Fitz levando um belo soco de Coulson.

Coulson teve algumas lições ao ver como mesmo morrendo de vontade de tirar a vida de Lorelei, Sif obedeceu as ordens de Odin de levá-la viva, porque pessoas como ela e o agente respeitam as ordens de seus superiores, algo que ele está tendo dificuldades em fazer. Coulson também teve uma lição de vida de Skye que recebeu de forma otimista toda a história deles terem sido ressuscitados através do sangue do alienígena, porque o que importa é que ambos estão vivos. Coulson é cabeça dura demais para aceitar este segredo da SHIELD em silêncio e não vai parar até descobrir a origem do alienígena e é nesta parte que entra a surpreendente reviravolta do episódio.

May sempre teve uma proteção extra por Coulson, durante o episódio insistiu diversas vezes para ele contar o que estava acontecendo e foi dela a ideia dele revelar tudo para Skye, porque na verdade a agente queria desde o começo saber o que Coulson tinha descoberto. A ligação dela para avisar alguém misterioso sobre Coulson ter descoberto tudo foi uma excelente reviravolta na trama; não quero acreditar que May esteja traindo a equipe e sim apenas sabe o motivo deste segredo da SHIELD não pode ser revelado. No começo da série foi Coulson que convocou May para fazer parte do time e agente inicialmente não queria, por isso não acho que ela seja uma espiã do mal e sim foi colocada lá para proteger Coulson por causa da relação antiga deles.

Agents of Shield terá mais uma parada desta vez porque no lugar da série será exibido na próxima semana um especial sobre o futuro da Marvel no cinema; o próximo episódio inédito será exibido no dia 25 de março nos EUA!

quatro_e_meio

2 comentários em “Agents of SHIELD – 1×15 – Yes Men!

  1. Um fato interessante..o Odin que pediu a missão e o Loki,será que ele tem algum plano pra Lorelei?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s