Deixe um comentário

Grey’s Anatomy – 10×14 – You’ve Got to Hide your Love Away

Greys-Anatomy-10x14-2A política de proibir relacionamentos entre chefes e subalternos no hospital dificilmente seria bem-sucedida e como previsto trouxe muitas crises internas.

Os maiores prejudicados com essa mudança são Karev e Jo, o veterano há anos procura por alguém especial que o faça feliz e finalmente encontrou isso em Jo, que lutou tanto para chegar a residência do hospital e não merece ter sua carreira destruída por ser feliz no amor. O que foi aquele rompimento de Jo e Karev? Jurava que os dois estavam falando sério, mas foi um golpe genial, com uma atuação incrível de Jo, para assim conseguirem ficar juntos escondidos, o que também nunca daria certo por muito tempo.  Tanto Karev como Jo estão certos em sua revolta com essa nova lei, os membros do conselho estão sendo hipócritas demais com a situação; é patético que o líder do conselho como Jackson esconda seu casamento bobo com April, transe dentro do hospital e depois o próprio quer dar bronca em Jo e Karev, tenha dó! Tudo isso começou exatamente por causa do que Jackson fez com Steph, e agora enquanto ele e April curtem o casamento deles, os outros são obrigados a ficarem infelizes.

Tudo isso está acontecendo por causa da patética da Murphy, o discurso que Jo fez para Steph vale também para Murphy que não sabe controlar seus sentimentos e fez a reclamação unicamente por ter sido rejeitada por Arizona; é muito mais fácil colocar a culpa na Arizona do que assumir que não soube levar como uma pessoa adulta o fora e por isso criou toda essa situação. Por mais que doa afirmar Ross também tem em parte razão, os romances em alguns casos atrapalham, mas na minha visão Ross se deixou levar pelo seu relacionamento com Yang e a doutora errou ao não ter percebido isso. O excesso de confiança de Ross resultou em uma morte, isso aconteceu muito mais por causa de uma falha de personalidade dele do que por causa de Yang, pelo menos Ross mostrou para Webber e para todos que aprendeu que precisa ficar mais calado e trabalhar mais, quem sabe assim o residente amadureça um pouco.

Seria injusto também não afirmar que os residentes precisam mesmo parar de colocas seus romances em primeiro lugar durante o trabalho; é fácil resolver toda essa discussão basta médicos e residentes não levarem sua vida amorosa para o trabalho, quando entram no hospital precisam se concentrar somente em seus pacientes. Tanto é que quando esqueceram seus problemas românticos, os residentes conseguiram criar uma maneira de ajudar a menina que tinha uma rara doença na qual tinha tumores em sequência. O tratamento chegou tarde demais e a menina morreu, mas a teoria criada pelos internos pode ser usado na irmã da paciente falecida que infelizmente também tem a mesma doença. Sinceramente não gostei dos pacientes desta semana e nem do texto da narração sobre câncer; comparar a ideia de surpresas e viradas da vida com câncer foi um pouco demais; o texto da narração pareceu totalmente desencaixado com a trama do episódio, algo bastante raro de acontecer na série.

Voltando a falar doss internos que demoraram, mas agora começam a aceitar Warren como um deles, os novos residentes deveriam aproveitar a experiência dele para aprenderem muito mais; a vinda de Warren para o hospital foi uma excelente ideia, o carismático personagem pode trazer um pouco de humor para este grupo ainda instável de personagens, além de ser muito bom ver Bay voltando ao normal e feliz. Não concordei gostei de ver Steph e Murphy indo beber felizes no final do episódio; a primeira precisa encarar Jackson e o seu casamento com April para seguir em frente com sua vida; Murphy precisa tomar uma dura lição por causa desta história da reclamação e não satisfeita de ter causado toda essa crise; o promo do próximo episódio indica que ela pode mais uma vez prejudicar o relacionamento de Callie e Arizona. Curiosamente o casal que até outro dia parecia perto do fim e agora vive uma fase feliz é Callie e Arizona que ganhou um belíssimo anel de sua esposa e o casal bastante contente com este recomeço, mas em Grey’s Anatomy ninguém vive em paz por muito tempo.

Yang voltou a ser felizmente a melhor amiga de Meredith, estava com saudades de ver as duas fora do hospital passando um tempo juntos; Yang reagiu da pior maneira possível a notícia de que Hunt planejava morar com Emma, um passo dado pelo próprio médico que parecia pronto para seguir em frente. Com ajuda de alguns copos de vinhos, Yang deixou sua postura séria e mostrou um lado mais emocional indo bêbada para a casa de Hunt para dar “parabéns” por ele ir morar com Emma; uma Yang bêbada e ciumenta que ligou para sua mãe no meio da noite e claro transou com Hunt!

Yang ficar feliz com este possível retorno e ter uma nova visão sobre Hunt é até plausível porque a doutora nunca deixou de amá-lo, agora o que não foi nada lógico foi a reação de Hunt. O chefe do hospital terminou com Yang por ela não querer uma família e encontrou em Emma uma pessoa disposta a ter não um, mas dois filho; daí vai lá e termina o relacionamento porque Emma seria capaz de largar a sua profissão pela sua família! Uma hipócrisia da parte de Hunt acabar com Emma com o discurso de que deseja alguém para conversar no fim do dia sobre os seus pacientes; isso pareceu muito mais uma desculpa que inventou para si mesmo para voltar para Yang, porque sabe que mesmo eles querendo coisas diferentes no quesito família, não consegue viver sem sua ex-esposa.

Grey e Derek vivem uma crise disfarçada, não sei até quando os dois vão conseguir levar de maneira cômica este problema, com Grey provocando Derek com greve de sexo. Derek não só participará como será o líder da pesquisa feita na Casa Branca, o que exigirá dele bastante tempo, o afastando de sua família e esposa; isso acontece simultaneamente quando a pesquisa de Grey não está evoluindo e ela precisará de uma ajuda extra para continuá-la. Não sei por quanto tempo Grey vai levar mais ou menos na esportiva essa situação, porque Derek foi mentiroso e não cumpriu com a promessa que fez para ela, mas também é injusto demais ele perder uma oportunidade como essa na sua profissão; estou ansioso para ver até vão levar essa situação de maneira mansa.

 tres

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s