Deixe um comentário

Perception – 02×12 – Brotherhood

??????????Tanto Daniel como os fãs de Perception nunca se importaram muito com Lewicki, sempre um coadjuvante e apenas um ajudante de Daniel que aguenta as suas loucuras. A dedicação diária e constante que Daniel exige de Lewicki o faz perder a oportunidade de ter uma vida própria e também de ter mais contato com o até então desconhecido irmão mais novo chamado Kenny. Na trama foi revelado que os dois quando bem novos foram adotados por diferentes pais e acabaram se separando.

Lewicki recebeu um convite especial do reitor Haley para participar de uma bolsa em uma famosa faculdade na Alemanha, o que o impedia era como Daniel iria virar sem ele, já que o professor não sabe nem em que dia que o lixo é jogado fora. Para deixar Lewicki mais em dúvida se aceitaria ou não o convite do reitor, seu irmão Kenny apareceu do meio do nada dentro da casa, para o susto de Daniel que pensou que fosse um ladrão. Não sei se foi instinto ou medo mesmo que levou Daniel a levar o nome do irmão de Lewicki para Kate descobrindo que o jovem estava sendo procurado por assassinato.

Daniel reagiu errado ao fazer isso, pareceu mesmo preconceito racial e deveria ter ficado calado, mas depois que o erro foi cometido tentou concertar e só piorou tudo. Daniel não estava em um bom dia, a tensão de ter prejudicado sem querer o irmão de Lewicki o levou a criar algumas teorias frustradas; como afirmou Lewicki, Daniel sempre tentar colocar nos casos uma explicação que seja relacionada com a sua própria loucura. Um caso raro no qual Daniel não conseguiu desvendar através de suas teorias e até errou diversas vezes; tudo porque queria encontrar uma maneira de provar que Kenny não era o culpado pelo assassinato e também concertar seu erro.

Quem estava ainda mais estressado era Lewicki que já estava inconformado com a prisão de seu irmão e ficou ainda mais revoltado depois que também foi vítima de racismo pelos agentes do FBI; Lewicki mostrou para Daniel o quanto é difícil ainda ser negro e viver sempre alerta para não ser vítima de racismo; Lewicki custou acreditar que seu irmão mais novo tinha seguido para o caminho errado virando um traficante e se envolvendo com pessoas erradas, o que levou Kenny entrar nesta situação onde teria matado o membro de uma gangue rival.

A relação de Lewicki e Daniel nunca ficou tão perto de acabar como neste episódio, Lewicki chegou até aceitar o convite de Haley, que logo entendeu os motivos desta decisão e deu preciosos conselhos para ele. Lewicki estava realmente decepcionado e bravo consigo mesmo por não ter sido um irmão mais presente e acreditava que poderia ter evitado que Kenny tivesse seguido para este mal caminho; Kenny era um adolescente de 16 anos sem família e talvez teria feito diferença se Lewicki tivesse participado mais da vida dele.

Daniel teve desta vez duas alucinações, Natalie retornou da pior maneira possível e foi a “culpada” por tudo que aconteceu ao insistir que Daniel estava com medo de ter Kenny na sua casa; Daniel também imaginou um policial branco racista que o fez enxergar seu próprio preconceito interno, além de algumas dicas sobre o caso. Falando em alucinação foi engraçada a cena que Daniel inventou que tinha uma barata no restaurante da testemunha que não queria ajudar, Katie acreditava que ele estava tendo uma de suas alucinações e demorou a entender o truque que o doutor estava tentando fazer.

Daniel tentava encontrar uma maneira de inocentar Kenny, algo que o próprio Lewicki chegou a desistir depois de seu irmão assumir a culpa pelo crime. A resposta para tudo estava no tema da aula inicial de Daniel sobre moral, Kenny poderia ter inúmeros defeitos, mas por nunca ter tido uma família de verdade tratava aqueles de que gostava como irmãos, incluindo o seu melhor amigo que era o verdadeiro culpado pelo crime! Essa virada foi criativa pela maneira que o crime aconteceu, uma junção de erros que culminou com o amigo de Kenny matando o traficante para salvar a vida de seu amigo; voltando ao tema do código moral dito por Daniel e que muitas vezes nos mesmos criamos; como aconteceu com Kenny e seu amigo.

Lewicki fez o certo ao convencer o amigo de Kenny a assumir o crime, seria injusto seu irmão pagar por um crime que não cometeu. Lewicki agiu como um irmão mais velho e até conseguiu convencer o cabeça dura do Kenny que seu amigo ser preso era o certo e também a ficar um período com a família que adotou Lewicki; tomara que Kenny siga agora pelo caminho certo e que também Lewicki fique mais próximo de seu irmão; como disse Daniel no final do episódio nos escolhemos nossos amigos, mas não nossos familiares.

Falando em escolhas, mesmo depois todo esse estresse Lewicki preferiu ficar com Daniel do que aceitar a proposta de Haley, uma decisão bastante polêmica; Lewicki gosta muito de Daniel e sabe o quanto o professor necessita dele para tudo e por isso não quis abandoná-lo, mas Haley foi sábio ao afirmar que um dia Lewicki terá que deixar Daniel e começar a ter uma vida própria.

tres

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s