Deixe um comentário

Being Human – 4×08 – Rewind, Rewind…

NUP_158445_0802-600x400Com o já confirmado fim de Being Human a série apresentou um episódio que brincou com o que aconteceria se Sally não tivesse morrido pelas mãos de Danny.

No instante que Sally deu um merecido soco na cara de Danny tudo mudou e mais uma vez ao agir sem pensar acabou criando uma realidade alternativa que inicialmente parecia perfeita, mas que acabou sendo bem mais sombria e porque não irônica do que a normal. Sally custa a compreender que todo ato gera uma reação; Sally ao salvar sua própria vida acabou ficando presa a sua própria alma do passado e acreditou que poderia mudar tudo e fazer desta nova vida um lugar melhor, mas sua prepotência está custando caro para ela para todos ao seu redor. Sally ficou acostumada com a presença de Josh e Aidan de uma maneira que não consegue viver mais sem eles; na outra realidade Sally estava acostumada e feliz com seus amigos lobisomen e vampiro; mesmo nesta nova realidade onde poderia recomeçar sua vida, fez de tudo para se reunir com os dois.

A ideia da nova realidade começou de forma leve com Sally feliz de reencontrar com uma Nora de franja e convencendo Aidan e Josh que era do futuro e também que os três deveriam morar juntos na sua casa; além de boas pitadas de humor com Sally evitando que Aidan comesse Rebecca e Josh descobrindo que ela era do futuro e que eles eram capazes de ver fantasmas. Tudo parecia perfeito e indo por um bom caminho, mas assim como no citado filme Efeito Borboleta; Sally não soube a hora de parar e ver que certas coisas não podem mudar; o preço dela continuar viva foi que no lugar dela quem acabou sendo a vítima da violência de Danny foi Bridge, algo que mexeu com ela momentaneamente porque logo ela arranjou consolo nos braços de Aidan!

Sally e Aidan sempre tiveram uma queda um pelo outro, por causa da situação física de cada um e da amizade que criaram, acabaram fingindo que não sentiam nada; esta nova realidade foi a oportunidade para os dois colocarem essa atração em prática. Fofo ver Sally sendo aquela pessoa que Aidan tanto procurava para lhe dar a oportunidade de ter o mais próximo possível de uma vida normal, os dois formaram um casal adorável e mereciam ser felizes; Sally sempre protegeu Aidan e foi sensacional ver ela cortando o barato de Marcus e deixando o vampiro sem palavras.

Com Sally ajudando e ficando com Aidan, Josh acabou mesmo fora desta trio, Sally até tentou melhorar sua vida ao ensinar truques para melhorar sua transformação e tentou unir Josh e Nora, com direito a Sally pegando eles transando e vendo o bumbum branco dele! Essa realidade aumentou ainda mais a sensação que transformação de Nora em lobisomem pelas mãos de Josh foi o fator que faltava para os dois ficarem juntos, se Nora não fosse uma lobisomem dificilmente eles terminariam juntos e foi o que aconteceu nesta realidade. Uma opção questionável foi Sally virar lobisomem no lugar de Nora, o que talvez não fosse necessário; Sally reagiu da forma esperada, afinal ser lobisomem não era nada ruim comparado a ser uma fantasma. Essa transformação de Sally poderia ser uma desculpa para uma aproximação dela e de Josh, mas o lobisomem estava cansando de ouvir as promessas dela de um futuro que para ele não poderia mais acontecer.

Josh então virou o Aidan da realidade que conhecemos, um homem amargurado, solitário e vivendo uma luta interna em tentar ter uma vida normal ou assumir o seu lado monstro; triste ver Josh indo embora da casa por estar cansado de Aidan e das falsas promessas de Sally. A vida de Josh mudou no instante que ele não ficou com Nora como deveria, Josh ficou igual a Aidan procurando sempre alguém que compreenda o que sente e vendo em Ray a possibilidade de parar de mentir sobre quem é realmente, mesmo depois de Sally ter contado que o lobisomem era o seu criador e que ele não prestava.

O sentimento de culpa de ver que estragou a vida de Josh fez com que Sally terminasse com Aidan, acreditando que os dois ficarem juntos foi o motivo de ter dado tudo errado para Josh. Sally piorou tudo ainda mais ao fazer isso, Aidan ficou com raiva de Josh por ter perdido Sally por causa dele e Josh continuou ignorando seu antigo melhor amigo. Então a trama seguiu parecida com a realidade comum; Aidan toda vez que fica triste volta a beber sangue dos humanos e a andar com os vampiros; Josh foi na onda do ódio de Ray contra os vampiros e a maior prejudicada foi Sally que criou uma realidade no qual mais uma vez terminou morta por um homem agressivo, desta vez por Ray.

Após a chorosa despedida de Sally com Aidan, esperava que tudo iria voltar ao normal e que Sally voltaria para a nossa realidade, o que não aconteceu! Sally voltou a ser uma fantasma e agora precisa encontrar uma maneira de concertar o seu erro para tudo voltar a ser como antes. Não sei se esta foi a melhor opção, talvez o correto seria trazer Sally de volta para a realidade normal já neste episódio, porque este enredo conseguiu mostrar muito bem como seria a vida dos personagens se tudo tivesse sido diferente e dar perspectivas interessantes sobre as decisões que tomaram em suas vidas.

Penso que este episódio teve dois defeitos primordiais quediminuíram o impacto que essa ideia interessante poderia ter; o primeiro foi a opção de adiantar o tempo demais, a cada virada na história meses se passavam, uma opção que talvez não fosse necessária ser mostrada de forma tão explícita com o texto na tela, o telespectador poderia notar isso sozinho através de uma mudança de roupa dos personagens, pela estação ou algo do tipo. O outro erro foi o efeito tosco de congelar a tela sempre nas cenas dramáticas, um efeito tosco e parecido com o que foi usado na novela Avenida Brasil.

tres

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s